Vazamento revela Moto E com conexão 4G e câmera para selfies

Por Redação | 10.02.2015 às 13:58

A Motorola continua preparando sua linha 2015 de aparelhos, com esperadas versões reformuladas de alguns de seus modelos de maior sucesso nos últimos tempos. Ela ainda continua calada, mas como normalmente acontece, parceiros do mercado de varejo acabam entregando o jogo antes de um anúncio oficial. Foi o que aconteceu com a rede americana Best Buy, que revelou antes da hora o novo Moto E.

O aparelho de médio custo aparece com linhas semelhantes às de seu antecessor e traz suas verdadeiras mudanças nos componentes internos. A grande novidade é a introdução de conectividade 4G, permitindo que os usuários acessem a internet móvel com mais velocidade. O processador agora é um Snapdragon com 1,2 GHz, acompanhado de 1 GB de memória RAM, também incrementos em relação ao dispositivo anterior.

Outra grande mudança é a introdução de uma câmera para selfies. Seguindo uma tendência do mercado atual, a Motorola adicionou um sensor VGA na parte frontal do aparelho – uma característica que não existia no antecessor e que deve ser suficiente para as autofotos, mas não atende às expectativas dos fanáticos pela própria imagem. Na parte de trás está um dispositivo de 5 megapixels.

Moto E 4G

Com esse foco maior nas imagens, veio também um aumento no espaço de armazenamento. Como a esmagadora maioria dos celulares com Android, o novo Moto E continua com slot para cartão microSD, mas agora teve sua memória interna expandida de 4 GB, no modelo original, para 8 GB.

O sistema operacional, claro, é o Android, mas a versão não foi especificada. O site Digital Trends, um dos que publicaram sobre o vazamento, aposta que teremos a versão Lollipop rodando no dispositivo. A tela é de 4,5 polegadas com resolução de 960 x 540 pixels.

Outra grande novidade, apesar desta não se aplicar necessariamente ao mercado brasileiro, é o preço. A Motorola adicionou novidades ao E, mas na mesma medida, baixou o preço do aparelho. Sem contrato, por meio da operadora Sprint, ele deve sair por US$ 100, cerca de R$ 280, uma redução de US$ 30 em relação ao valor original do smartphone, em sua primeira chegada às lojas.

Por enquanto, a Motorola não se pronunciou oficialmente sobre o novo Moto E, apesar de já ter afirmado anteriormente que ele está sim nos planos para 2015. Se seguir o mesmo calendário do ano passado, o modelo deve ser anunciado em meados de maio e chegar ao mercado de médio porte junto com outros modelos de marcas como Samsung e LG.