VMware Workstation 10 roda na nuvem; confira novos recursos

Por Redação | 18 de Setembro de 2013 às 13h22

A VMware, empresa especializada em virtualização e infraestrutura na nuvem, lançou nesta semana a chamada VMware Workstation 10, versão mais recente do seu software de virtualização que funciona na nuvem. A companhia informa que a solução traz melhorias na experiência de usuário, novos recursos, suporte para sistemas operacionais recentes e alto desempenho. O VMware Workstation 10 está disponível para compra por US$ 249 e atualizações a partir do VMware Workstation 8.x e do 9.x são oferecidas por US$ 119.

Por rodar com tecnologia cloud computing, o VMware Workstation 10 oferece um recurso que permite construir uma nuvem em seus computadores ao rodar aplicações populares da Pivotal, da Puppet Labs e da Vagrant.

As novidades são o reconhecimento do Windows 8.1 e das novas versões Linux, o que facilita a criação de máquinas virtuais; mais desempenho para que as máquinas virtuais sejam criadas com até 16 CPUs virtuais, 64 GB de memória, disco com 8 TB de armazenamento, conexões USB de alta velocidade, um novo controlador virtual SATA e suporte ao dobro de redes virtuais. Há também um recurso que permite que as máquinas virtuais tenham prazo de encerramento, definido em um dia e horário específicos.

Além disso, a solução tem sensores para tablets, com acelerômetro virtual, giroscópio, compasso e sensor de luz ambiente que permitem às aplicações que rodam em máquinas virtuais responder quando o usuário interagir com o seu tablet.

Os clientes da VMware que compraram o VMware Workstation 9 entre os dias 1º de agosto de 2013 e 30 de setembro de 2013 podem receber uma atualização eletrônica complementar para o VMware Workstation 10, parte do programa VMware Workstation Upgrade.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.