Tim Cook reúne-se com presidente da China Mobile, a maior operadora do mundo

Por Redação | 10.01.2013 às 18:00

O diretor-executivo da Apple, Tim Cook, reuniu-se com Xi Guohua, presidente da China Mobile, para discutir "questões de cooperação", disse o porta-voz da da China Mobile — a maior operadora de celular do mundo em número de assinantes.

Segundo a Reuters, nenhum detalhe adicional será dado sobre a reunião, devido ao acordo de confidencialidade assinado entre a Apple e a China Mobile, diz o comunicado à imprensa.

A Apple, que tem acordos com a China Unicom e China Telecom para vender seus smartphones no país, ainda tem que chegar a um acordo com a China Mobile, maior operadora mundial de telefonia móvel por assinantes. Fechar um acordo com a companhia dará à Apple o acesso à base de dados dos assinantes e a ajudará a entrar no maior mercado de smartphones do mundo.

Em entrevista para a mídia local nesta quinta-feira (10), Cook disse aos repórteres que ele está confiante que a China se tornará o maior mercado da Apple em um futuro próximo.

"Atualmente, a Apple tem 11 lojas na China, assim como muitos revendedores. Continuaremos a expandir nossos negócios aqui, e o número de lojas de varejo que teremos será superior a 25", declarou Cook.

Na terça-feira, o diretor da Apple fez reunião com o ministro chinês de Tecnologia da Informação e Indústria, e na quarta-feira, reuniu-se com executivos de alto nível da China Unicom.

A falta de um acordo com a China Mobile tem prejudicado a Apple, já que os chineses compraram smartphones de outras marcas, como os da Samsung.

Tim Cook está visitando a China pela segunda vez em menos de um ano. As negociações entre Apple e China Mobile estão acontecendo há anos e estão presas a uma série de termos de partilha de receitas, segundo os analistas, e por isso é difícil dizer se esta reunião poderá abrir novos caminhos entre as empresas.