'Tecnologia acabará com empregos, mas custo de vida será menor', diz Larry Page

Por Redação | 04.11.2014 às 17:15
photo_camera Divulgação

Em entrevista concedida na última semana ao Financial Times, Larry Page, diretor executivo do Google, comentou sobre a situação atual e futura da tecnologia, principalmente no ambiente corporativo. Para Page, em alguns anos, os sistemas de inteligência artificial (IA) substituirão diversos empregos atuais, mas em compensação o custo de vida será muito menor.

Segundo ele, a implementação em larga escala da IA irá mudar a sociedade como a conhecemos em dois aspectos. A primeira será tirando cargos de trabalho que são ocupados por falta de opção; a segunda, proporcionando um custo de vida tido como confortável, só que por valores muito abaixo daqueles praticados atualmente.

Perguntado se as pessoas não se ofenderão sobre perder seus empregos, o atual CEO da Google retruca, alegando que, uma vez que determinadas profissões ficarem obsoletas pela tecnologia, não fará mais sentido discutir este assunto, sobretudo porque as profissões mais braçais tendem a ser substituídas por robôs e outras máquinas. "A ideia de que todo mundo deva trabalhar de modo constante, fazendo o trabalho de qualquer jeito, apenas para manter seus empregos, não faz qualquer sentido para mim. Essa não pode ser a resposta certa", diz Page.

Vale ressaltar que esse discurso do diretor executivo da gigante das buscas não é inédito. Na conferência para desenvolvedores Google I/O 2013, Page disse que "a tecnologia deveria fazer o trabalho duro, para que vocês possam sair e viver suas vidas. Nós só temos um por cento do que é possível, e estamos nos movendo devagar em relação às oportunidades que temos".