TechEd 2014: Microsoft anuncia novidades para o Visual Studio e .NET Framework

Por Sérgio Oliveira | 12 de Maio de 2014 às 16h56
photo_camera Divulgação

Um mês após realizar a Build 2014, um evento voltado para desenvolvedores, e anunciar que focaria na integração de aplicações e conteúdo em vários dispositivos, a Microsoft dá os primeiros sinais daquele que pode ser o caminho que deseja trilhar nos próximos anos.

Com o início do TechEd 2014, o maior evento destinado a profissionais de TI realizado pela companhia e que teve início na manhã desta segunda-feira (12), a Microsoft revelou a estratégia que adotou para facilitar o desenvolvimento de aplicações cross-platform no Visual Studio. Basicamente, a empresa disse que tudo será baseado no Apache Cordova, uma ferramenta que permite o desenvolvimento de apps para iOS, Android e Windows utilizando apenas HTML, CSS e JavaScript.

O Cordova já havia sido adotado pelo Google no começo deste ano e aparentemente chamou a atenção de outras empresas pelo seu potencial. Agora os desenvolvedores poderão elaborar soluções para qualquer uma dessas plataformas em um único lugar: o Visual Studio.

Comumente conhecida como "a IDE para quem desenvolve para Windows", essa não é a primeira vez que o Visual Studio recebe suporte a outras plataformas. Anteriormente, a IDE recebeu suporte para Android e iOS através do Xamarin, e também a outras linguagens de programação a partir de ferramentas instaladas junto a ele que adicionavam mais recursos a ela. Apesar disso, nenhuma dessas soluções havia sido fornecida diretamente por Redmond e sempre havia a sensação de subutilização dos recursos que a ferramenta dispunha.

Agora, com a adição do Apache Cordova, pela primeira vez a Microsoft oferece uma alternativa oficial aos desenvolvedores e lhes oferece a oportunidade de expandir os horizontes de suas soluções. Com a novidade, que por enquanto está disponível apenas em versão Preview no Update 2 do Visual Studio 2013, os desenvolvedores terão acesso a templates predefinidos de JavaScript e TypeScript e poderão criar, instalar e debugar todas as aplicações na própria IDE utilizando, inclusive, emuladores do Android, dispositivos rodando Windows, Windows Phone, Android ou iOS e o Apache Ripple.

Apache Cordova no ambiente de desenvolvimento Microsoft

Imagem apresentada pela Microsoft para explicar como o Apache Cordova funcionará como intermediário entre aplicações HTML + CSS + JavaScript e dispositivos com Windows, Windows Phone, Android e iOS no Visual Studio (Imagem: Reprodução).

A decisão de adicionar suporte ao Cordova pode até surpreender, mas é condizente com a estratégia de "empresa aberta" que a Microsoft vem adotando nos últimos meses. Com a adoção, a companhia reafirma o compromisso feito na Build 2014 de oferecer suporte a "qualquer plataforma" e apresenta aos desenvolvedores uma alternativa centralizada para o desenvolvimento de aplicações Android e iOS sem a necessidade de SDKs a parte.

Além da adoção do Apache Cordova, a Microsoft aproveitou a abertura do evento para anunciar que está trabalhando em inúmeras novidades para .NET Framework, ASP.NET, suas APIs e bibliotecas.

.NET vNext

Uma das novidades que mais chamou atenção dos presentes foi o anúncio do .NET vNext que promete acabar com a necessidade de instalar diferentes versões do framework antes de podê-las utilizar.

Mais especificamente, a ideia da Microsoft é otimizar o popular framework de desenvolvimento para suas plataformas de maneira que ele possa ser embutido em servidores de aplicação na nuvem. Enxugando-o, a empresa pretende dispensar recursos, como o suporte à GUI, que não são necessários nesses ambientes e, dessa forma, facilitar sua distribuição.

Se tudo funcionar conforme a empresa disse, será possível que cada uma das aplicações hospedadas no servidor utilizem sua versão do framework e não fiquem atreladas à versão instalada na máquina. Portanto, o servidor se encarregará de identificar as dependências de cada uma das aplicações e as baixará conforme a demanda particular de cada uma. Além disso, os desenvolvedores poderão realizar alterações em suas aplicações web e visualizá-las apenas recarregando a página, sem a necessidade de recompilá-las.

.NET Framework

Fora a versão otimizada para servidores na nuvem, a Microsoft disse estar trabalhando na próxima versão do .NET Framework em conjunto com a .NET Foundation. Sem revelar se chamará a versão de .NET 5.0 ou não, a empresa se limitou a afirmar que ela oferecerá suporte a múltiplas plataformas por padrão e permitirá que equipes de desenvolvimento trabalhem em ambientes mistos.

Não ficou muito claro o que a empresa quis dizer com isso, mas é possível que ela faça com o .NET Framework aquilo que faz há anos com o Visual Studio e comece a torná-lo em um framework capaz de concentrar várias tecnologias e linguagens de desenvolvimento.

Para finalizar as novidades sobre o framework, foi dito que a empresa está colaborando intensivamente com a Xamarin para garantir que tanto o vNext quanto a nova versão do .NET funcionem no OS X e no Unix com o auxílio do Mono.

APIs e bibliotecas públicas

Para finalizar a abertura do evento, a empresa anunciou que está disponibilizando bibliotecas personalizadas para o desenvolvimento de recursos para o Office 365. Todas elas estão disponíveis a partir de hoje em C#, Xamarin, JavaScript e Cordova.

Além disso, a empresa disponibilizou aos assinantes do seu serviço de distribuição de aplicativos MSDN cópias de máquinas virtuais rodando Windows 7 e Windows 8.1 no Azure VM. Com elas, a empresa espera facilitar e encorajar o desenvolvimento e teste de novas aplicações voltadas para a nuvem utilizando o Azure.

Por fim, foram anunciadas melhorias para o portfólio DevOps, que agora oferecerão aos clientes a utilização do PowerShell Desired State Configuration (DSC) com um leque inicial de scripts que os ajudarão a configurar, automatizar e gerenciar infraestruturas baseadas em máquinas virtuais que usam o Azure.

Sobre o TechEd

O TechEd é um evento anual organizado pela Microsoft destinado para profissionais de infraestrutura e desenvolvimento com foco nas tecnologias da empresa. Nele, a empresa costuma anunciar novidades que comumente ditam o desenvolvimento de soluções pelos próximos anos e, por esse motivo, o foco que esses profissionais devem ter.

A edição deste ano está acontecendo na cidade de Houston, no Texas (EUA), e teve início nesta segunda-feira (12). As palestras, mesas-redondas, discussões e apresentações ocorrerão até esta quinta-feira, dia 15 de maio.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!