Suposto novo smartphone da Samsung com Tizen é posto à venda no eBay

Por Redação | 30.01.2014 às 15:52
photo_camera Divulgação

Conforme a Mobile World Congress se aproxima, o hype da indústria de telecomunicações muda seu foco do Galaxy S5 para um outro aparelho da Samsung, este supostamente equipado com o novo sistema operacional da companhia, o Tizen. Ainda que a sul-coreana sequer o tenha anunciado, já tem gente no eBay vendendo um aparelho com o suposto SO instalado.

A frente do aparelho anunciado lembra bastante o aparelho mostrado em uma imagem vazada há alguns dias

A frente do aparelho anunciado lembra bastante o aparelho mostrado em uma imagem vazada há alguns dias

Intitulando o anúncio como "Novo smartphone da Samsung com Tizen SM-Z9005 para desenvolvedores", o vendedor pede US$ 300 pelo aparelho que se parece bastante com o de uma imagem vazada há alguns dias. Na descrição, o anunciante diz que o aparelho possui 16 GB de armazenamento interno e que seu visor possui 4,7 polegadas, o que contraria alguns boatos de que ele teria tela de 4,8 polegadas.

De acordo com o TechRadar, é improvável que o anúncio seja da versão completa do aparelho. Mais improvável ainda é a Samsung ter deixado um dos protótipos vazarem às vésperas do seu anúncio, que deve acontecer em algum momento entre os dias 24 e 27 de fevereiro, em Barcelona, durante a MWC 2014.

O anunciante ainda se preocupou em mostrar a parte traseira do aparelho

O anunciante ainda se preocupou em mostrar a parte traseira do aparelho

Apesar da expectativa, é possível que a Samsung não lance o sistema operacional para o consumidor final. Há alguns dias a empresa sinalizou que poderá atrasar a chegada do sistema a todos os usuários devido ao fim de um acordo entre a fabricante e a operadora japonesa NTT DoCoMo, sua principal aliada nessa empreitada. O motivo é o baixo crescimento do mercado japonês de smartphones, onde o SO seria lançado inicialmente em março.

Embora seja uma das principais responsáveis pelo sucesso do Android, a Samsung vem apostando no Tizen há algum tempo para se livrar do Google e ser mais independente. Talvez o SO atrase mais ainda depois do anúncio de um acordo de cooperação de patentes entre as duas empresas, que se tornaram melhores amigas e estão mais próximas do que nunca. Não surpreenderia se a sul-coreana decidisse não falar do sistema operacional durante a MWC ou se o Tizen jamais viesse a ver a luz do sol. Vamos esperar para ver.