Steve Wozniak diz que criação da Apple em garagem 'é um mito'

Por Redação | 04 de Dezembro de 2014 às 16h35
photo_camera Felipe Szatkowski/Canaltech

O mundo da tecnologia é cercado por diversos mitos e histórias de caráter duvidoso. E se você acompanha com frequência notícias, entrevistas e matérias ligadas ao assunto, certamente deve conhecer os relatos de alguns executivos e suas trajetórias que levaram à criação das grandes empresas que conhecemos hoje. Uma delas é a Apple, que deu seus primeiros passos na garagem da casa situada no número 2066 da Crist Drive, na cidade de Los Altos, Califórnia.

Foi nesse pequeno local que a dupla Steve Jobs e Steve Wozniak, fundadores da Maçã, deram início ao desenvolvimento dos computadores que ajudaram a revolucionar o universo da informática e da tecnologia como um todo. A garagem é hoje ponto turístico para centenas de visitantes e uma das principais referências do Vale do Silício. Só que a residência não tem tanta importância assim para Wozniak, já que o executivo revelou que toda a história por trás do local é uma lenda e nada mais do que isso.

A declaração foi dada à agência de notícias Bloomberg, com Woz explicando que a famosa garagem serviu apenas como um ponto de encontro para que ele e Jobs pudessem discutir algumas ideias, mas que eles não produziram o design e nem mesmo o hardware de nenhum projeto lá dentro. "Existem muitos mitos acerca da garagem", afirmou. Para o cofundador da Apple, o lugar não é uma parte crucial na história de criação da empresa.

"Não fizemos nenhum design, nenhuma montagem, nenhum protótipo e nenhum produto. Nós não fabricamos nada na garagem. Ela não tinha muito propósito, com exceção de ser um lugar onde nos sentíamos em casa", explicou Wozniak, se referindo ao fato de que, naquela época, nem ele, nem Jobs tinham dinheiro suficiente para iniciar uma companhia em um local mais apropriado.

Embora a afirmação de Woz possa causar polêmica, fato é que a casa onde fica a garagem é considerada uma parte importante na história da Apple, pelo menos para milhares de fãs e adeptos dos produtos da entidade. Além disso, a residência foi declarada como patrimônio histórico nos Estados Unidos em outubro do ano passado por uma comissão da prefeitura de Los Altos.

Construída em 1952, a casa foi o lar de Steve Jobs em sua infância e adolescência ao lado de seus pais adotivos e até hoje a construção não sofreu qualquer reforma desde a época em que o executivo viveu naquele bairro - com exceção da porta, que foi substituída. Atualmente, quem mora lá é a ex-madrastra do empresário, Marilyn Jobs.

Perto da garagem onde Jobs e Wozniak se reuniam, a apenas 20 quilômetros de distância, está outro local bastante conhecido no Vale do Silício: a garagem onde começou a Hewlett-Packard (HP). A residência também foi nomeada monumento nacional dos EUA em 2007. O Canaltech já visitou os dois lugares e você pode ver como foi nossa experiência nos links abaixo:

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.