Steve Wozniak: "Não entendo como a Apple ainda não investiu em uma tela maior"

Por Luciana Zaramela | 03 de Maio de 2013 às 20h20

*De Brasília, Distrito Federal

Nesta quinta-feira (2), Steve Wozniak, ou simplesmente Woz, esteve no Brasil pelo Fórum UniCEUB, em Brasília, para falar de criatividade e inovação. Woz aproveitou para relembrar um pouco de sua vida como engenheiro de computação e, como de praxe, contou sua história ao lado de Steve Jobs. Usando como exemplos seus próprios altos e baixos, o inventor mostrou pra juventude de hoje como se deve agir para conquistar um objetivo concreto na carreira e na vida pessoal e, no final, recebeu as honras da casa e homenagens do público.

O Canaltech estava presente no fórum e, nessa era dominada por gadgets e dispositivos móveis, não pudemos deixar passar em branco algumas perguntas para o simpático co-fundador da Apple. Afinal, como será que um dos inventores do computador pessoal como o conhecemos hoje encara essa reviravolta tecnológica, resultante de uma evolução tão rápida da tecnologia que ele mesmo ajudou a construir? Com muito bom humor e sinceridade, Woz sanou nossa curiosidade.

Woz no Brasil

Steve Wozniak (Foto: Luciana Zaramela/Canaltech)

A onda do momento é a mistura de tecnologia com moda. Será que Woz já experimentou o Google Glass? De maneira simples e bastante direta, o inventor respondeu a essa questão — que por sinal era curiosidade de muita gente presente lá no fórum — sem rodeios. "Ainda não experimentei o Google Glass, mas acho interessante essa coisa de tecnologia vestível. Queria muito experimentar, gosto de testar, usar, sentir e ver como funciona. É por isso que compro produtos da Apple, da Samsung e de outras marcas".

Leia também: Steve Wozniak no Brasil: co-fundador da Apple fala sobre criatividade e inovação

Woz também falou sobre o filme jOBS, que estreou lá fora no mês passado. "Acho que será um grande sucesso de bilheteria quando for lançado mundialmente. Contar nossa história em um filme é algo bastante interessante".

Quando perguntado a respeito do que pensa quando os blogueiros e jornalistas utilizam suas aspas e opiniões contra a própria Apple, Woz não pareceu intimidado. "Sempre optei por ser transparente, por toda minha vida. Quando me fazem alguma pergunta, eu simplesmente respondo da forma como penso. Muitas vezes os repórteres tentam inflamar as histórias, eles adoram dividir as pessoas em dois grupos: a favor e contra a Apple. Eu só tento entender o ponto de todos que me fazem perguntas, e ser o mais transparente possível (...), e entendo que certas coisas fazem parte da natureza da imprensa".

Woz no Brasil

Woz recebe as honras da UniCEUB (Foto: Luciana Zaramela/Canaltech)

Perguntamos a respeito do tamanho ideal de telas de smartphones (e, implicitamente, o que ele achava do tamanho da tela do iPhone), e Woz ficou surpreso. "Ninguém nunca me perguntou isso em público até agora! Alguns amigos e parentes sim, mas... bem, eu sempre digo que prefiro as telas grandes, como as dos vários smartphones Android. Acho que uma tela maior é importante para a usabilidade do smartphone e não entendo por que a Apple ainda não investiu em uma tela maior, mais ampla, como a de seu concorrente. Acho que o conceito de 'quanto menor, melhor' soa um tanto ilógico".

Woz não especificou o tamanho ideal, em polegadas, mas deu para perceber que ele está descontente com o tamanho das telas dos smartphones da Maçã. Que fique dado o recado, dona Apple! Quem discordaria de Steve Wozniak, afinal?

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!