SpaceX e Boeing anunciam parceria em viagem espacial comercial tripulada

Por Redação | 28 de Janeiro de 2015 às 12h18

A SpaceX, fabricante de foguetes e espaçonaves, e a Boeing, companhia de voo que também constrói naves, anunciaram pela primeira vez uma parceria que prevê o acompanhamento da NASA para uma viagem comercial tripulada à Estação Espacial Internacional (EEI), em 2017. As informações são do Engadget.

A NASA selecionou as empresas em setembro do ano passado, durante o desenvolvimento de construção de uma nave para o Programa de Tripulação Comercial. O cronograma aliás, já estaria apertado. A fase crucial deve acontecer em fevereiro de 2017, quando devem acontecer os chamados "Testes de abortagem", em que a estrutura deve "fornecer aos astronautas um meio de escapar com vida de uma situação potencialmente catastrófica".

A Boeing deve executar sua plataforma de testes de abortagem em fevereiro de 2017, com um teste não tripulado em abril e uma missão completa com um piloto de testes e um astronauta da NASA em julho do mesmo ano.

SpaceX Boeing NASA

Já a Space X deve fazer os mesmos testes ainda este ano, com uma viagem tripulada prevista para 2017. A avaliação de abortagem da SpaceX deve acontecer numa estrutura no Cabo Canaveral, na Flórida, ao invés de um foguete Falcon 9. Se funcionar, os propulsores da Dragon Capsule devem disparar num manequim de segurança para simular o que poderia acontecer no caso de um mau funcionamento.

No próximo ano, a nave Dragon deve ser montada numa base modificada do foguete Falcon 9 para testes de voo, com o objetivo de demonstrar a capacidade de abortar em altitude. A Boeing ainda precisa detalhar como deve exatamente conduzir suas próprias avaliações com a cápsula CST-100.

Essas missões serão as primeiras a lançar humanos para o espaço a partir de naves estadunidenses desde 2011. As cápsulas do foguete Falcon 9 e da nave Dragon, da Space X, e a CST-100 atachada a um foguete Delta V, da Boeing, também serão a primeira missão privada tripulada norte-americana.

Os testes devem também servir para a NASA aumentar a tripulação da EEI de seis para sete, o que pode permitir ao pessoal duplicar as horas de pesquisa para 80 por semana. Um longo vídeo explica tudo isso com detalhes, confira abaixo:

Fonte: http://www.engadget.com/2015/01/27/boeing--spacex-safety-milestones/

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.