Sony quer dobrar sua produção de dispositivos móveis no Brasil

Por Redação | 01.10.2013 às 15:40
photo_camera CNET

O Brasil é um dos mercados onde a Sony mais cresce no mundo, e a empresa japonesa quer aproveitar esse bom momento para aumentar sua capacidade de produção de dispositivos móveis por aqui, segundo a Reuters.

O objetivo é dobrar a produção de celulares, focando principalmente nos modelos compatíveis com as redes 3G e 4G, aproveitando o aumento do consumo de dados no país com a Copa do Mundo de 2014. Segundo Ricardo Junqueira, presidente da Sony Mobile Brasil, a Sony hoje tem mais demanda do que capacidade para atendê-la.

Atualmente, os produtos da Sony Mobile no Brasil são produzidos na fábrica da Foxconn no interior de São Paulo. Contudo, a Sony poderia aproveitar sua fábrica da divisão de eletrônicos em Manaus para ampliar a capacidade de produção. Esta possibilidade ainda está sendo estudada, além da possibilidade de ampliar o contrato com a Foxconn.

A reformulação poderia ser benéfica não apenas para a própria Sony, que poderia atender a toda sua demanda no Brasil, mas também para o consumidor, que veria os produtos da empresa anunciados no exterior chegarem mais rápido por aqui. Segundo Junqueira, o prazo poderia cair de três meses para apenas quatro semanas de espera, entre o lançamento no exterior e no Brasil.

A Sony é hoje a quinta maior fabricante de smartphones no Brasil, mas pretende alcançar o terceiro lugar no ano que vem. Para o presidente da companhia, este é o momento ideal para a Sony Mobile crescer no Brasil e no mundo, aproveitando o momento de transição de antigas concorrentes como a Nokia, recentemente vendida para a Microsoft, e a BlackBerry, vendida para a Fairfax Financial.

Números do mercado

A expectativa do mercado de smartphones no Brasil é crescer de 19 milhões de unidades vendidas em 2012 para 29 milhões em 2013, com faturamento de 18 bilhões de reais. Em 2014, o número deve subir para 36 milhões de smartphones e 23 bilhões de reais. Quanto aos tablets, eles devem saltar de 7,2 milhões em 2013 para 8,9 milhões no ano que vem, segundo dados da IDC, citados pelo executivo.

Uma das provas de que a Sony está olhando com outros olhos para o mercado brasileiro é o fato do Xperia Z1 e do Xperia Z Ultra, ambos apresentados recentemente por aqui, virem com recurso de televisão digital, algo bastante popular no Brasil, mas muito raro no exterior. Os dois smartphones serão lançados em outubro no Brasil.