Sistema de pagamento móvel da Apple poderá ser lançado em setembro com iPhone 6

Por Redação | 24 de Julho de 2014 às 13h35

Os boatos sobre a Apple estar desenvolvendo seu próprio serviço de pagamento móvel ganharam um novo capítulo nesta quarta-feira (24) graças ao The Information. De acordo com o site, a Maçã já vem conversando com várias operadoras de cartões de crédito e outras companhias da indústria e que as discussões estão caminhando a passos largos.

De acordo com a publicação, as negociações já estão num estágio tão avançado que os executivos de Cupertino estão considerando lançar o chamado Apple Wallet já a partir de setembro, juntamente com o iPhone 6. Segundo o relato, a Visa tem se mostrado mais disposta a apostar na parceria e inclusive teria oferecido acesso direto a seus sistemas de processamento de pagamento à Apple para que a aprovação dos pagamentos ocorra de maneira transparente e em tempo real.

Além disso, o site diz que a Apple tem prometido às empresas um novo "elemento de segurança" que nenhum outro serviço de pagamento possui. Se a promessa for verdadeira, pode ser que a empresa esteja disposta a retrabalhar o Secure Enclave, um coprocessador do A7 que funciona como uma espécie de forte, capaz de armazenar informações sensíveis e mantê-las fora do alcance das operadoras, para que ele armazene dados financeiros dos usuários dos dispositivos iOS. Atualmente, o Secure Enclave já é usado pelo leitor biométrico do iPhone 5S, o Touch ID.

Não é de hoje que se fala no interesse da Apple no segmento de pagamentos online. Contudo, os rumores só ganharam fôlego neste ano quando um relato do Wall Street Journal sugeriu que a companhia estava trabalhando no seu próprio serviço. Segundo o relato, com o novo serviço, os usuários poderão realizar pagamentos tanto em lojas físicas quanto virtuais através dos seus dipositivos iOS.

A aposta é vista por especialistas da área como estratégica, já que, aparentemente, o serviço está sendo desenvolvido em volta do iTunes, cuja base de usuários é de mais de 800 milhões de pessoas. O Touch ID também faria parte da solução como uma espécie de carta curinga para autenticar e validar a identidade do usuário na hora do pagamento.

Mesmo com tantas especulações e com tanta gente confirmando a existência do serviço, a Apple não comentou nada sobre o assunto. Apesar disso, algumas contratações recentes da companhia sugerem que ela está sim tramando algo nesse sentido.

Segundo o 9to5Mac, a Maçã já teria contratado vários executivos e gerentes que já trabalharam em empresas e serviços de pagamento, incluindo Tommy Elliot, um ex-diretor da Visa que foi para Cupertino no início deste ano, e Andrew McCarthy, um ex-executivo de alto escalão do famoso banco J.P Morgan Chase. Além disso, a empresa também teria contratado uma série de engenheiros que já trabalharam no eBay e PayPal, por exemplo.

Leia mais sobre a Apple:

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.