Sete 'escolas Steve Jobs' são inauguradas na Holanda; ensino é feito com iPads

Por Redação | 25 de Agosto de 2013 às 16h39
photo_camera Michael Kooren/Reuters

Na Holanda, sete escolas recém-inauguradas utilizarão um novo método de ensino baseado na tecnologia e na interatividade dos alunos. As escolas, chamadas de "Escolas Steve Jobs", utilizam iPads como o meio principal do aprendizado e das atividades das crianças, e foram desenvolvidas com base nos conceitos e tecnologias desenvolvidas pelo cofundador da Apple.

Segundo o TUAW, as escolas são uma iniciativa da organização não-governamental Educação para uma Nova Era (O4NT), que visa incluir iPads na condução do ensino de crianças. Atualmente, duas dessas escolas oferecem o currículo escolar baseado no iPad para todas as séries, enquanto as outras cinco adotarão o projeto com crianças mais novas e irão expandi-lo à medida que os alunos vão passando de série.

As crianças utilizam iPads mini com cases e suportes emborrachados e coloridos, ideais para crianças. A O4NT chama também os professores de "treinadores", ou seja, eles exercem o papel central de auxiliar as crianças na condução de projetos inidividuais e nos esforços do grupo, e não apenas fornecendo informações e atribuições. O sistema de ensino baseado no iPad também traz uma ferramenta única, o sCoolSpace, que cria um espaço virtual da escola para cada instituição física e que permite que os alunos se reúnam a qualquer momento.

Escolas Steve Jobs

Fotos: Michael Kooren/Reuters

Tanto os alunos como os professores têm seus próprios avatares e podem se comunicar através do FaceTime ou do Messages. Os pais também exercem uma posição fundamental no aprendizado dos filhos nas "Escolas Steve Jobs" e eles podem monitorar o desempenho das crianças diariamente através do iDesk Learning Tracker.

Como as crianças estão sempre com seus iPads, diferentemente das escolas tradicionais, os seus pais podem tirar férias durante o período de aulas e as crianças podem continuar acompanhando as aulas e os trabalhos de qualquer lugar. Confira abaixo um vídeo sobre o projeto, em inglês:

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.