Séries exclusivas do Xbox não serão canceladas após demissões na Microsoft

Por Redação | 18 de Julho de 2014 às 07h05
photo_camera Divulgação

Os rumores das demissões em massa na Microsoft se confirmaram nesta quinta-feira (17), quando a empresa revelou o corte de 18.000 funcionários - o maior de sua história. Junto com o desligamento de milhares de profissionais, a companhia também revelou que irá fechar o Xbox Entertainment Studios, uma divisão recém-anunciada voltada para a produção de conteúdos e séries originais exclusivas das plataformas Xbox.

Era nessa divisão que acontecia o desenvolvimento de seriados como Halo: Nightfall e Signal to Noise (que contará como surgiu a lenda dos cartuchos enterrados da Atari), além de uma série de TV produzida por Steven Spielberg. A boa notícia é que pelo menos essas três produções não foram canceladas e continuam no calendário da Microsoft para chegar aos videogames da empresa em algum momento de um futuro próximo. O comunicado foi feito por Phil Spencer, líder da divisão Xbox, em um memorando a seus funcionários.

De acordo com o site Engadget, Nick Iannitti, diretor de comunicações da Fuel Entertainment, responsável pela produção de Signal to Noise, afirmou que os trabalhos com o documentário estão a todo vapor. Inclusive, ela estará presente em um painel da Atari na Comic-Con, a maior feira de quadrinhos do mundo, que acontecerá em San Diego, nos Estados Unidos, dos dias 24 a 27 de julho.

Signal to Noise contará como surgiu a famosa história de que a Atari teria enterrado centenas de cartuchos não vendidos do jogo E.T - O Extraterrestre em um aterro no estado do Novo México. O documentário, que também contará os bastidores de como as fitas foram encontradas em abril deste ano, será dirigido por Zack Penn, roteirista dos filmes Os Vingadores e X-Men 2.

A decisão de sumir com os cartuchos de E.T se deve ao fracasso comercial e críticas negativas que o jogo obteve na época, sendo considerado uma das piores produções do mundo dos games. Embora a Atari tenha gasto uma boa quantidade de dinheiro para adquirir os direitos sobre o filme na época, o game não possuía nenhum dos elementos vistos nos cinemas e tinha uma jogabilidade tão ruim que era considerado impossível de ser jogado.

Na época do descarte do jogo, diversos jornais chegaram a divulgar que a Atari estaria enterrando os cartuchos, porém a empresa negou a história e disse que o descarte era apenas de material com defeito e que não havia como consertar. A estimativa é de que tenham sido enterrados cerca de 3,5 milhões de cartuchos de E.T que não foram vendidos, sendo que muitos deles ainda estão em bom estado, com as caixas intactas contendo o manual e o cartucho.

Halo: Knightfall, por sua vez, contará a história do Agente Locke, o misterioso soldado spartan do game Halo 5: Guardians, do Xbox One. A série conta com atores de carne e osso e está sendo produzida pelo cineasta Ridley Scott (Alien, Blade Runner, Gladiador) - as filmagens já passaram pela Irlanda e seguem agora para a Islândia. Até o momento, pouco se sabe sobre o seriado, apenas uma rápida exibição do personagem no trailer da coletânea Halo: The Master Chief Collection, no qual Locke aparece em uma nave, ouvindo uma mensagem de Arbiter.

Já a série que terá o envolvimento de Spielberg também permanece um mistério. Segundo informações recentes, o episódio piloto deve ser dirigido por Neill Blomkamp, de Elysium e Distrito 9. O estúdio 343 Industries acompanha o projeto, que inicialmente será lançado com exclusividade para os 48 milhões de assinantes da Xbox Live, a rede de serviços online da empresa para o Xbox 360 e Xbox One.

Leia também:

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.