Segunda loja da Apple no Brasil será em São Paulo, diz jornal

Por Redação | 12.05.2014 às 14:09 - atualizado em 12.05.2014 às 16:24
photo_camera Divulgação

Apesar dos iPhones mais caros do mundo serem vendidos por aqui, o Brasil está na mira da Apple. Prova desse investimento foi em fevereiro deste ano, quando a empresa lançou sua primeira loja oficial no Shopping Village Mall, no Rio de Janeiro. Agora, os planos de expansão da companhia não devem parar, e já podemos ter ideia da próxima cidade que receberá uma Apple Store.

De acordo com a coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo, a capital paulista será o segundo município brasileiro a contar uma loja da Maçã. "A primeira Apple [Retail] Store de São Paulo será no Morumbi Shopping", diz a jornalista. "O contrato entre a empresa de tecnologia e a Multiplan, que administra o centro de compras, foi assinado nesta semana. Não há previsão para a data de inauguração, mas as obras no espaço devem começar nas próximas semanas", completa.

Apesar da coluna apontar o shopping paulista como o local que vai receber uma loja da Apple, o local só deve ser inaugurado em 2015 – ou 2016, dependendo do ritmo das obras. Como informou o pessoal do MacMagazine, em novembro do ano passado, o espaço será construído em uma nova área do Morumbi Shopping, com uma boa parte desse espaço dedicado à Maçã. As negociações estão em fase inicial "e muitos cálculos ainda estão sendo feitos".

Vale lembrar que não há confirmação oficial por parte da Apple. Por isso, até que a companhia se manifeste, é preciso tratar a informação como um rumor.

Apple "carioca"

A primeira Apple Store brasileira foi inaugurada no dia 15 de fevereiro de 2014. Aos gritos de "Brasil! Brasil!", cerca de 1.700 pessoas, entre fãs e curiosos, compareceram ao lançamento do espaço no Shopping Village Mall, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. "O Brasil é um país de grande importância para nós e eventos como a Copa do Mundo e as Olimpíadas tornam este um momento empolgante para estar aqui", comentou na época Steve Cano, vice-presidente de lojas da empresa.

A loja brasileira segue o estilo "pavilion", expressão dada pela própria companhia, com apenas um andar e uma longa fachada curva com 30 metros de comprimento, toda feita de vidro. Mais de 100 produtos estão à venda – alguns exclusivos para o Brasil – e disponíveis para os visitantes experimentarem, incluindo Macs, iPads, iPhones e iPods. Há ainda o Genius Bar, um balcão de 7,6 metros onde os clientes receberão dicas, conselhos e instruções de configurações, serviços e reparos nos aparelhos da Apple.

A Apple Store brazuca também oferece workshops gratuitos sobre os produtos da marca, e cada módulo tem uma hora de duração, feito na própria loja. Outra novidade é o One to One, um serviço que permite a novos consumidores receberem treinamento (individual ou em grupo) quando desejarem, logo após fazer um agendamento. Por ano, o serviço custa R$ 249 e pode ser um bom começo para quem ainda não é familiarizado com as máquinas pessoais da companhia.