Samsung pretende lançar smartphone com seu SO, o Tizen, no ano que vem

Por Redação | 12.11.2013 às 09:35

Graças ao Android, a Samsung está no topo da indústria mobile e arrecadando bilhões de dólares em lucros a cada trimestre. Mas, por mais lucrativo que seja, a dependência do sistema é algo com que os executivos da empresa estão começando a se preocupar. Para eles, o controle do software é tão crucial quanto o controle do hardware.

Pensando nisso, a Samsung está começando a testar outro sistema operacional para os seus smartphones, o Tizen. É um sistema baseado no Linux que está sendo desenvolvido por um grupo de empresas liderado pela Intel e pela Samsung.

Os planos para o Tizen são ambiciosos. Além de ser o sistema operacional dos próprios smartphones da Samsung, a companhia espera que ele também esteja presente em smartwatches e automóveis.

De acordo com o Korea Herald, a aparição do novo sistema operacional em smartphones está mais próxima do que parece. Recentemente, a Samsung anunciou que o seu primeiro aparelho com Tizen já está no mercado. Mais que um smartphone, o primeiro dispositivo é uma smartcamera, chamada NX300M, lançada na Coreia do Sul no começo de Outubro.

O primeiro smartphone deverá ser lançado no início de 2014, através da operadora japonesa NTT Docomo. De acordo com o Android Authority, o smartphone com Tizen deverá ser mostrado no Mobile World Congress, em Barcelona, no final de fevereiro.

Além do smartphone, a Samsung também planeja lançar Smart TVs com o novo sistema operacional em breve. O objetivo da empresa é criar uma plataforma ampla que possa competir com o Android pela atenção dos consumidores e desenvolvedores.

Choi Jong-deok, vice-presidente de software da Samsung, revelou alguns dos planos da empresa para o Tizen 3.0, esperado para o final do ano que vem. “A nova versão do SO irá suportar processadores 64-bit da Intel e ARM, poderá usar mais memória e vai contar com uma interface 3D, além de outras melhorias”, revelou no primeiro encontro de desenvolvedores do Tizen, realizado semana passada em Seul.