Samsung pode integrar modem aos processadores Exynos

Por Redação | 13 de Fevereiro de 2015 às 18h16

Rumores dão conta de que a Samsung planeja acirrar a concorrência com a Qualcomm adicionando modem aos processadores Exynos. Com isso, os chips da fabricante sul-coreana teriam todas as características capazes de enfrentar a rival no mercado de SoCs e dar vida a aparelhos de ponta. De acordo com as fontes consultadas pelo BussinessKorea, isso pode acontecer já a partir do quarto trimestre deste ano.

Se isso realmente acontecer, é provável que o aparelho sucessor do ainda não anunciado Galaxy S6 já marque também a independência completa da Samsung em relação à Qualcomm. Até agora, a Samsung vem usando processadores próprios apenas em aparelhos intermediários, característica que pode ser expandida em breve para os flagships.

Apesar dos boatos indicarem uma separação completa entre as duas empresas, o Galaxy S6 ainda vai trazer componentes da “rival”. Como revelado pela própria Qualcomm, o aparelho não vai vir com Snapdragon 810, que sofreu com rumores de superaquecimento, mas ainda traz um modem fabricado pela companhia.

Caminho para a independência?

Além da Qualcomm, outra companhia da qual a Samsung depende pesadamente é o Google — fornecedor dos sistemas operacionais embarcados nos gadgets da empresa. Os recentes investimentos no Tizen OS, sistema operacional proprietário da fabricante oriental, reforçam os indícios de que a Samsung pretende cuidar de quase tudo que é colocado em um aparelho seu e se tornar uma espécie de "contraponto" à Apple (que possui processador e SO próprios em seus aparelhos).

Pensando em termos de mercado, substituir o processador é algo bem mais simples de emplacar logo de cara do que trocar o sistema operacional, interface de um aparelho com muito mais apelo junto ao usuário comum. Se esses são realmente os planos da Samsung, e se podem dar certo, só o tempo dirá.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!