Samsung planeja construir prédio futurista no Vale do Silício, Estados Unidos

Por Redação | 12.07.2013 às 09:40
photo_camera NBBJ

Com o sucesso das vendas de seus aparelhos no Ocidente, a Samsung decidiu que estava na hora de se instalar no Vale do Silício, Estados Unidos, junto com outras empresas de tecnologia. A sul-coreana planeja a construção de um prédio de escritórios futurista em São José, Califórnia, com projeto desenvolvido pela firma de arquitetura NBBJ.

O prédio central da nova sede terá 10 andares e sua fachada será feita de vidro e metal, além de dois andares ao ar livre. O espaço destinado à área de estacionamento tem uma armação verde e se assemelha com um jardim vertical e, assim que estiver concluído, o complexo terá cerca de 102 mil metros quadrados. A sede contará com academia, cafés, espaços para reuniões e jantares, jardins e será construída com base na certificação LEED Gold para prédios sustentáveis.

"Com sede na Coreia do Sul, não é surpresa para ninguém que a maioria dos nossos funcionários está sediada lá. Mas, percebemos que a inovação não é limitada geograficamente, por isso vamos continuar a expandir nossas operações para outros lugares", afirmou a empresa por meio de comunicado oficial. "Naturalmente, uma parte crítica do nosso plano de expansão precisa estar alojada nos Estados Unidos. Olhamos para o Vale do Silício e outros estados além da Califórnia como possibilidades, mas quando tudo foi concluído, nós selecionamos o Vale do Silício como uma base muito maior para hospedar algumas das mentes mais brilhantes do país".

Novo campus Samsung Vale do Silício
Novo campus Samsung Vale do Silício
Novo campus Samsung Vale do Silício

Fotos: Reprodução: NBBJ

A Samsung já possui um escritório na área, onde emprega 350 funcionários, e em sua nova sede pretende contratar até 2 mil novos empregados. O projeto do prédio futurista foi aprovado pela prefeitura de São José em março deste ano, garantindo à empresa US$ 7 milhões (R$ 15,8 milhões) em redução de impostos, taxas e reembolso de bens de capital. Em troca, a companhia oferecerá à cidade US$ 23 milhões (R$ 52 milhões) em novas receitas.

A construção do novo campus da Samsung nos Estados Unidos deve ser concluída até a metade de 2015 e ainda não se sabe o valor total do investimento.