Samsung lidera mercado de smartphones e se distancia cada vez mais da Apple

Por Redação | 26 de Julho de 2013 às 10h55

A Samsung registrou no último trimestre a maior vantagem em vendas de smartphones sobre a Apple desde que o primeiro iPhone foi lançado, no início de 2007. Apesar de a sul-coreana não divulgar o número total de embarques no período, estima-se que a empresa tenha vendido 76 milhões de smartphones no segundo trimestre, o que lhe dá uma quota de 33% do mercado mundial de telefones inteligentes.

A Apple vendeu 31,2 milhões de iPhones entre os meses de abril e junho, o que representa uma quota de 13,6% do mercado. "A participação da Apple no mercado mundial de smartphones está em seu nível mais baixo desde o segundo trimestre de 2010", disse Neil Mawston, diretor da Strategy Analytics, à Forbes.

Ele disse ainda que o Samsung Galaxy S4 está experimentando uma "sólida demanda" na China e ao redor do mundo, ajudando a levantar o volume de vendas. A sul-coreana vendeu mais de 10 milhões de unidades do Galaxy S4 menos de um mês após seu lançamento, mas desde então prefere manter silêncio a respeito do desempenho do smartphone.

Porém, o sucesso no mercado de dispositivos móveis está custando caro para a companhia. Os resultados do último trimestre apontaram fortes ganhos em todas as divisões, exceto em seu negócio de telefonia móvel. A companhia alega que o aumento dos custos de marketing – que incluem o lançamento do Galaxy S4 em abril – e a concorrência afetaram sua rentabilidade no período, representando uma queda de 3% em seu lucro operacional, mesmo com o aumento das vendas.

Em geral, o balanço do segundo trimestre da Samsung apontou um aumento nos lucros e nas vendas da companhia em relação ao mesmo período do ano anterior. A empresa registrou um lucro líquido de US$ 6,89 bilhões durante o período entre abril e junho deste ano, o que representa um aumento de 50% na comparação ano a ano. Já as vendas subiram 21%.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.