Samsung é multada em US$ 2,3 milhões pelos Estados Unidos

Por Redação | 20 de Agosto de 2014 às 16h01
TUDO SOBRE

Samsung

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DOJ) multou a Samsung em US$ 2,3 milhões devido a um processo por ter enganado o país sobre o local onde seus produtos estavam sendo fabricados, violando assim acordos comerciais pré-estabelecidos, de acordo com informações do jornal americano Washington Post.

Acreditando que os produtos da empresa coreana estivessem sidos fabricados na Coreia do Sul e no México, as agências federais do país adquiriram produtos de revendedores Samsung. As informações contraditórias ferem as regras de contratação do governo norte-americano, que restringe a compra de produtos nas agências federais apenas para os que são feitos no próprio país ou em países com os quais os Estados Unidos possuem um acordo comercial.

A Samsung havia afirmado que os produtos se enquadravam corretamente nas exigências do governo e assinou o acordo para a venda de produtos. No entanto, o governo americano descobriu posteriormente que os produtos da Samsung eram na verdade fabricados na China, país onde os americanos não possuem acordo de livre comércio.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Robert Simmons, ex-funcionário da Samsung, foi quem originalmente abriu o processo contra a empresa, baseado na lei americana que permite que indivíduos entrem com ações judiciais em nome do governo, chamada de False Claims Act. Após o julgamento, Simmons terá o direito de receber uma parcela da indenização, ainda que os valores não estejam definidos, de acordo com o Departamento de Justiça.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.