Rumor: Apple teria voltado a negociar com empresas de conteúdo, diz jornalista

Por Redação | 16.07.2013 às 15:30
photo_camera CNET

Os rumores acerca do lançamento de um novo modelo de Apple TV amornaram nos últimos meses. E, nesta segunda-feira (15), a jornalista Jessica Lessin, ex-Wall Street Journal, publicou uma matéria na qual revela que a Apple teria retomado as negociações com empresas de conteúdo para a nova Apple TV, reacendendo as expectativas de um lançamento próximo.

A jornalista afirma que as empresas negociam uma forma que permitirá que os usuários da futura Apple TV possam pular comerciais dentro da programação de determinado canal. O objetivo da Apple seria oferecer dois planos de serviço para a TV: um básico e um premium. A opção premium, que ofereceria o recurso para pular propagandas, exigiria o pagamento de uma mensalidade que poderia ficar com a Apple ou ser repassada parcial ou totalmente para as provedoras de conteúdo.

Ainda segundo a reportagem, a introdução do recurso para pular comerciais pode ser muito arriscada, já que "iria perturbar o sistema enraizado de classificação de televisão" que é a base para a compra de espaço para anúncios na TV. A jornalista ainda relembra que emissoras de televisão entraram com um processo no último ano contra a Dish Network depois que ela lançou uma ferramenta semelhante.

Informações revelam que a Apple negocia com produtoras de conteúdo há mais de um ano os direitos para distribuir conteúdos de canais 'ao vivo' e on-demand através da Apple TV. Acredita-se que o objetivo da empresa seja pegar os conteúdos já existentes e moldá-los em uma estrutura mais simples e elegante, mantendo o padrão dos produtos da Apple.