RIOT e Partnered listam três tendências para o marketing brasileiro em 2015

Por Redação | 19 de Dezembro de 2014 às 11h10

A RIOT e a Partnered, empresa voltada para network de startups globais, realizaram em parceria um levantamento para avaliar quais são as principais tendências que poderão ser vistas nas áreas de comunicação e marketing no Brasil em 2015.

As três tendências apontadas pelas duas empresas têm como objetivo ajudar que os profissionais das áreas relacionadas se preparem para novos cenários no mercado e estejam aptos a aproveitar novas oportunidades de negócios.

Lojas físicas:

Com o crescimento do e-commerce no Brasil, como um meio mais prático e seguro de realizar compras, as lojas físicas precisam utilizar novas tecnologias que permitam melhorar a experiência do cliente nestes espaços. Um exemplo são os beacons, que devem ter um crescimento de 287% nos próximos quatro anos, com mais de cinco milhões de unidades instaladas. As lojas físicas terão que continuar se reinventando para se tornarem competitivas, oferecendo soluções práticas, divertidas e personalizadas aos seus clientes.

Pagamentos móveis:

O Brasil tem visto os pagamentos móveis se disseminarem na cultura local de consumo, como os aplicativos de táxi, por exemplo, mas esse tipo de transação continua exigindo taxas para serem realizadas. Isso deve fortalecer as transações por bitcoin, considerada mais moderna e que não cobra taxas, tornando-se mais interessante ao cliente. As startups focadas na área receberam mais de US$ 400 milhões em investimento, o que deve refletir em uma maior consolidação do bitcoin como uma forma de realizar pagamentos diversos. Neste sentido, profissionais de comunicação e marketing devem estar atualizados para propor e trabalhar com essa novidade que deve ser mais forte no próximo ano.

Wearables:

Os wearables, ou gadgets vestíveis já estão consolidados no mercado e no Brasil devem chegar com mais força em 2015, desde relógios e óculos, até pulseiras de monitoramento fitness. Essas novas tecnologias também devem ser aprimoradas para serem úteis em transações financeiras como, por exemplo, o pagamento por meio das batidas do coração. Esse segmento tem ainda um grande leque para expansão, com crescimento de 135% nos investimentos na área em 2013 e novo recorde em agosto deste ano.

As duas empresas lançaram um vídeo-report explicando as três tendências:

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.