Publicidade móvel global quase dobra em um ano, e chega a US$ 8,9 bi em 2012

Por Redação | 10.07.2013 às 09:10

De acordo com dados do Interactive Advertising Bureau (IAB) e de empresas de pesquisa, a receita de publicidade móvel em todo o mundo chegou a US$ 8,9 bilhões em 2012, cerca de 82,9% a mais do que a receita de 2011, que atingiu a marca de US$ 4,3 bilhões.

O GigaOm destaca que o Gartner previu que a receita global de publicidade móvel seria de US$ 9,76 bilhões em 2012 e aumentaria para cerca de US$ 11,4 bilhões em 2013. O crescimento da publicidade móvel pode estar relacionado ao fato de que o número de proprietários de smartphones está subindo cada vez mais.

Em 2012, a América do Norte foi responsável por US$ 4,7 bilhões em anúncios para celular, contra US$ 2,5 bilhões em 2011 – um salto equivalente a 111%. Em 2012, a participação por região no valor global de publicidade móvel ficou dividido da seguinte forma:

  • Ásia-Pacífico: 40,2%
  • América do Norte: 39,8%
  • Europa Ocidental: 16,9%
  • Europa Central: 1,3%
  • Oriente Médio e África: 1,2%
  • América Latina: 0,6%

A receita de publicidade móvel continua sendo dominada pelo segmento de pesquisas, que representou 52,8% da receita de publicidade móvel total mundial. Em 2013, o Google deve vender mais anúncios móveis do que todos os seus concorrentes juntos pelo segundo ano consecutivo. O gigante da web deve gerar US$ 8,8 bilhões (R$ 19 bilhões) em receita proveniente apenas de publicidade móvel este ano, um aumento de 92% em relação ao ano anterior.

Publicidade móvel global 2012