Project Ara perde designer, mas inicia testes Beta

Por Redação | 02 de Julho de 2014 às 18h03

As novidades sobre o Project Ara são boas e más, quase na mesma medida. Nesta quarta-feira (2), o Google anunciou o início dos primeiros testes Beta públicos de seu celular modular, escolhendo 100 pessoas entre mais de 30 mil interessados que participaram do programa Ara Scouts. Por outro lado, o líder de design do projeto, Dan Makoski, anunciou sua saída da empresa.

O designer era um dos principais responsáveis pela criação do smartphone modular, construído a partir de diversas peças que podem ser adquiridas separadamente de acordo com o uso e necessidade do usuário. Ele também participou da equipe do Moto X, um dos principais smartphones da marca e responsável pelo ressurgimento recente da Motorola nesse mercado.

Makoski deixa o Google para assumir o posto de vice-presidente de design da Capital One, uma das maiores companhias de crédito do mundo, onde ele será responsável por coordenar a equipe de um novo projeto, ainda misterioso. Segundo informações do SlashGear, a ideia é misturar a análise de dados, que é uma das marcas da empresa, ao pensamento visual, numa tentativa de mudar a forma como as pessoas se relacionam com o próprio dinheiro.

Apesar de não ter se pronunciado sobre o assunto nem falado sobre um possível sucessor para Makoski, o Google começou a entrega dos primeiros aparelhos modulares para 100 felizardos, escolhidos por meio de um programa chamado Ara Scout. Os interessados deveriam responder a perguntas e realizar tarefas relacionadas ao uso cotidiano de smartphones, como uma forma de indicar para a empresa quais são os usos mais comuns desse tipo de aparelho.

De acordo com o desempenho de cada participante, suas respostas e também sua localização geográfica, 100 pessoas foram escolhidas entre os mais ativos, constituindo o grupo que agora receberá os protótipos. Quando e como isso vai acontecer, porém, ainda é um mistério, já que nem mesmo o próprio Google parece saber exatamente que caminho seguir com o Ara.

A expectativa de lançamento do primeiro aparelho comercial da iniciativa é janeiro de 2015, mas essa data pode acabar sendo modificada. Pelo menos, foi isso que disse o diretor do projeto, Paul Eremenko, durante a conferência Google I/O. Segundo ele, é possível que um adiamento até março, ou ainda maior, aconteça, já que se trata de um aparelho extremamente complexo e delicado.

Seja como for, assim que os primeiros Aras começarem a chegar às mãos dos Beta testers, é certeza que todo tipo de impressão, vídeo, imagem e análise do dispositivo comece a dar as caras na internet. Por isso, para o restante de nós, é uma questão de apenas aguardar e confiar.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.