Produtor de The Last Guardian deixa a Sony; será que o game vai realmente sair?

Por Redação | 29 de Agosto de 2012 às 10h15

The Last Guardian, um dos jogos mais legais que a Sony está produzindo (pelo menos é nisso que a gente acredita), está, a cada dia que passa, se afastando mais da possibilidade de se tornar real.

Os responsáveis pela produção são praticamente as mesmas pessoas que trabalharam em ICO e Shadow of The Colossus, mas as coisas não parecem estar muito boas para esse pessoal, que anda debandando da empresa e apagando, aos poucos, a única fagulha de esperança que tinhamos sobre o desenvolvimento do game.

Nessa semana, o produtor do Team Ico, Kenji Kaido, anunciou via Twitter que irá deixar a Sony, e essa é uma das coisas que não queríamos saber, nessa altura do campeonato.

Kaido trabalhou na TAITO desde 1987, produzindo jogos como Bonze Adventure, Night Striker, Champion Wrestler, Cameltry, Sonic Blast Man, Warrior Blade e Dead Connection. Depois, em 1997, foi parar na Sony para fazer a série Ape Escape, passando então para os clássicos citados no início do texto.

Assim como seu amigo Fumito Ueda, que trabalhou na empresa japonesa como designer, Kaido resolveu fazer as malas e partir para outros desafios, que ainda não ficaram muito bem claros quais são.

Muitos podem não saber, mas a Sony deixou que o registro da marca The Last Guardian expirasse nos EUA, depois disso houve abertura para que acreditássemos no cancelamento do desenvolvimento do jogo, fazendo parecer que a equipe por trás da produção tivesse sido "dispensada".

Até o momento não sabemos se isso é verdade ou mentira, só que Shuhei Yoshida, presidente dos estúdios Sony, afirmou que o jogo continua sendo feito. Mas, por conta da sua complexidade e dessas saídas de profissionais, o atraso é inevitável.

Ok, vamos acreditar então.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!