Processador do Mac Pro pode ser removido da placa mãe

Por Redação | 02 de Janeiro de 2014 às 12h10

O Mac Pro é o mais potente computador disponível hoje no portfólio da Apple. Pequeno e com um formato circular diferenciado, o equipamento traz peças, em sua maior parte, proprietárias ou customizadas, permitindo que apenas componentes como as memórias RAM e o HD SSD possam ser trocados de maneira fácil pelo usuário. A desmontagem da máquina, feita pelo site Other World Computing, trouxe uma novidade em relação ao processador. Agora, ele pode ser removido da placa mãe.

A opção feita pela Apple, em vez das tradicionais soldas aplicadas em modelos anteriores da marca, pode indicar uma intenção de facilitar os upgrades futuros. O Mac Pro utiliza chips Intel Xeon E5, com diversas configurações que vão desde a básica, com quatro núcleos e 3,7 GHz, até a mais avançada, com 12 e 2,7 GHz.

Mac Pro desmontado

O valor de tais processadores, porém, ainda é bem alto. Mas, levando-se em conta a intenção da Apple de fazer com que seus clientes usem as máquinas por muitos anos, a tendência é que os preços diminuam e a novidade de hardware deve ser bem interessante a quem estiver pensando em fazer um upgrade daqui a algum tempo.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.