Problemas de produção podem atrasar iPhone 6

Por Redação | 14.07.2014 às 12:20

O processo de aumento do tamanho da tela do iPhone parece não estar correndo muito bem para a Apple. Novos rumores vindos da China indicam, mais uma vez, que a empresa estaria passando por dificuldades na fabricação dos novos displays, um problema que poderia acabar tendo dois resultados: uma disponibilidade limitada dos aparelhos em seu lançamento ou um atraso deste novo modelo para 2015.

Nenhuma das duas hipóteses seria aceitável para a Apple, já que, de acordo com o analista Ming-Chi Kuo, da KGI Securities, estaria apostando muitas fichas no novo modelo para entrar de cabeça no mercado asiático, principalmente. A concorrência com fabricantes como Samsung e LG no campo dos aparelhos com tela maior é clara, mas para a Apple, é a recente chegada na China, e a continuidade do sucesso por lá, que mais importa.

De acordo com as informações publicadas pelo MacRumours, fortalecem-se as expectativas de um lançamento segmentado do iPhone 6. O modelo menor, com tela de 4,7 polegadas, chegaria em setembro ou outubro, enquanto o com display de 5,5 polegadas teria lançamento previsto apenas para o fim do ano, com quantidades limitadas sendo colocadas nas lojas, ou, então, para o começo de 2015, com disponibilidade total.

Seriam três os desafios que estariam sendo encontrados pela Maçã: a célula de detecção de toques na tela não estaria funcionando tão bem em um display maior; a carcaça metálica do iPhone 6 estaria passando por problemas para ser construída; e, ainda, a tela Sapphire Glass estaria se provando um desafio. Todos, com exceção do último, são importantes e precisam ser resolvidos o mais rápido possível caso a empresa queira entregar os smartphones na data prevista.

Na opinião de Ming-Chi, um atraso no lançamento do iPhone 6 com tela de 5,5 polegadas poderia significar a estreia da Apple no mundo das telas Sapphire, principalmente se o atraso realmente estiver ocorrendo. Dessa forma, a empresa poderia explicar a seus clientes a necessidade de um atraso no lançamento ou, então, uma disponibilidade limitada. Resta apenas saber se a empresa realmente está disposta a tomar uma atitude desta forma.

A verdade é que a Maçã, por enquanto, não se pronunciou nem mesmo sobre a existência de um iPhone 6, quanto mais sobre possíveis problemas em sua fabricação. Se tudo correr bem, a revelação dos aparelhos deve acontecer nos próximos meses, com a nova linha de smartphones chegando ao mercado em setembro ou outubro.