Principais tendências Wi-Fi: previsões 2015 para prestadores de serviço

Por Colaborador externo | 05.12.2014 às 08:45

por Steve Hratko*

A tecnologia Wi-Fi está tendo um grande e contínuo impacto sobre os consumidores, sejam empresas, locais públicos ou fornecedores de todos os tipos de serviços. A revolução dos smartphones continua a refazer a paisagem “sem fio”, onde usuários de todas as regiões e de todas as classes socioeconômicas migram para esses dispositivos, que podem fazer muito mais que uma chamada de voz. De fato, pesquisas recentes descobriram que a chamada de voz não está nem no top 5 das atividades que são comumente feitas com smartphones.

Nós agora vivemos em um mundo wireless centrado em dados e nenhuma tecnologia é mais adequada para enfrentar esta realidade que o Wi-Fi. É uma tecnologia que os usuários procuram em qualquer empresa ou local público que eles entram. O Wi-Fi em muitos aspectos se tornou um serviço público. É como água ou eletricidade, você espera que ele esteja lá correndo e se não houver, você está em uma séria desvantagem de qualidade de vida. No caso do mundo dos negócios, a falta de Wi-Fi confiável coloca em séria desvantagem competitiva. Isto é especialmente verdadeiro em hotelaria, onde nós escolhemos hotéis com base na qualidade do serviço Wi-Fi gratuito. Esta tendência oferece enorme oportunidade para os fornecedores de todos os tipos de serviços.

1. Prestadores de Serviços vão acelerar sua mudança para o mercado de serviços Wi-Fi gerenciados como forma de gerar receita, fortalecer suas relações com os clientes, aumentar as opções de outros serviços e preparar o terreno para novas ofertas.

2. As chamadas Funções de Virtualização de Rede (NFV) continuarão a varrer a indústria de WLAN. Esta tendência começou na primeira metade do ano, quando, por exemplo, a Ruckus anunciou o virtual SmartCell Gateway (vSCG). A tendência exige uma mudança operacional significativa para provedores de serviços, mas a economia de virtualização é muito significativa.

3. Ligações Wi-Fi vão começar a tornar-se importantes em 2015, graças ao suporte da Apple. Esta tecnologia 3GPP (IR-92) irá conduzir ainda maiores quantidades de tráfego de smartphone para redes Wi-Fi e vai alterar radicalmente o modelo de negócios MNO. As ligações Wi-Fi também vão matar o mercado de femtocells.

4. Os MSOs a cabo irão acelerar suas implementações de Wi-Fi de base ampla, como forma de manter seus assinantes felizes e torná-los menos propensos a mudar de fornecedor. Os MSOs a cabo em todas as partes do mundo enxergam agora o Wi-Fi como uma ferramenta estratégica para seus negócios.

5. 2015 será o ano em que vamos ver consórcios de roaming Hotspot 2.0 em grande escala, principalmente ao redor de grande MSOs a cabo. Esses consórcios irão unir as ilhas de conectividade que constantemente nos rodeiam em uma experiência de rede contínua e segura.

6. 802.11ac Onda 2 será o próximo padrão Wi-Fi para os prestadores de serviços e vai ser lançado em 2015. Ele apresenta multiusuário de múltipla entrada e múltiplas saídas (MIMO-MU), que permite que um ponto de acesso Wi-Fi fale com mais de um usuário ao mesmo tempo.

7. Home-spots se tornarão uma oferta padrão de provedores de telefonia fixa em todo o mundo. Esta abordagem irá aumentar dramaticamente a adopção de Wi-Fi e assim aumentar a utilidade destas ofertas.

8. O mercado de pequenas células LTE continuará a desenvolver-se muito lentamente, como a indústria luta com questões de modelo de negócios em torno de quem paga para implantações internas. A maior parte da excitação em torno de pequenas células LTE tem foco no mercado interno, que é onde as pessoas estão, mas a economia aponta para locais que têm que pagar por essas implantações. Isso parece improvável sem uma pequena célula LTE neutra como hospedeira.

9. LTE nas bandas não licenciadas (aka LTE-U) gerou muita discussão em 2014. A tecnologia será um sucesso se 3GPP implementa Listen-Before-Talk, de modo a ser um bom vizinho para o Wi-Fi. Em 2015 vamos ver um progresso significativo nesse sentido.

10. Em 2015 a Ruckus estará firmemente estabelecida como o fornecedor de equipamentos Wi-Fi #1 para provedores de serviços. Isso certamente tem sido a tendência dos últimos anos.

*Steve Hratko é diretor de Service Provider (SP) / Carrier Marketing, Ruckus Wireless.