Presidente da HP volta a receber salário da empresa

Por Redação | 18 de Dezembro de 2013 às 12h45

A HP decidiu premiar sua CEO, Meg Whitman, com o retorno de seu salário. Desde 2011, ela recebia um salário de apenas US$ 1, como parte de seu comprometimento com o restabelecimento no valor das ações da companhia. Ela, a partir de agora, vai receber US$ 1,5 milhão, um valor que, segundo a companhia, está de acordo com o que é recebido por outros de seus executivos de alto escalão. A reportagem é do CNET.

Whitman foi a principal responsável por um planejamento que tornou a HP mais eficiente, cortando os gastos e reduzindo drasticamente os custos de produção. Apesar de uma ligeira queda inicial nas vendas, a companhia apresentou lucros de US$ 1,4 bilhões no quarto trimestre do último ano fiscal.

Apesar de seu salário de apenas US$ 1, a executiva recebeu bônus de final de ano no valor de US$ 1,7 milhão. Além disso, quando deixou o eBay para assumir a HP, ela teve a opção de adquirir 1,9 milhões de ações da companhia, com a condição de que só poderia negociá-las quando o valor subisse mais de 120%.

O salário simbólico é uma tendência entre os executivos do Vale do Silício, como forma de mostrar comprometimento com a empresa. Entre os que adotaram essa prática estão Steve Jobs, da Apple, Sergey Brin e Larry Page, do Google, Larry Ellison, da Oracle, entre muitos outros.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.