Presidente da HP volta a receber salário da empresa

Por Redação | 18.12.2013 às 12:45

A HP decidiu premiar sua CEO, Meg Whitman, com o retorno de seu salário. Desde 2011, ela recebia um salário de apenas US$ 1, como parte de seu comprometimento com o restabelecimento no valor das ações da companhia. Ela, a partir de agora, vai receber US$ 1,5 milhão, um valor que, segundo a companhia, está de acordo com o que é recebido por outros de seus executivos de alto escalão. A reportagem é do CNET.

Whitman foi a principal responsável por um planejamento que tornou a HP mais eficiente, cortando os gastos e reduzindo drasticamente os custos de produção. Apesar de uma ligeira queda inicial nas vendas, a companhia apresentou lucros de US$ 1,4 bilhões no quarto trimestre do último ano fiscal.

Apesar de seu salário de apenas US$ 1, a executiva recebeu bônus de final de ano no valor de US$ 1,7 milhão. Além disso, quando deixou o eBay para assumir a HP, ela teve a opção de adquirir 1,9 milhões de ações da companhia, com a condição de que só poderia negociá-las quando o valor subisse mais de 120%.

O salário simbólico é uma tendência entre os executivos do Vale do Silício, como forma de mostrar comprometimento com a empresa. Entre os que adotaram essa prática estão Steve Jobs, da Apple, Sergey Brin e Larry Page, do Google, Larry Ellison, da Oracle, entre muitos outros.