Petições online pedem que o Google reconsidere sua decisão sobre o Google Reader

Por Redação | 14 de Março de 2013 às 11h15

O anúncio da desativação do agregador de feeds na internet do Google, o Google Reader, pegou muitas pessoas de surpresa, fazendo com que muitos usuários fossem até as redes sociais lamentar a morte do aplicativo. Além disso, muitas pessoas iniciaram petições online para fazer com que a empresa reconsidere sua decisão. As informações são CNET.

Muitos usuários do Twitter lamentaram a decisão da gigante da Web e também fizeram questão de mostrar seu apreço pelo serviço, afirmando que dependem do recurso para se manterem informados ao longo do dia e que, muitas vezes, acessam mais o Google Reader do que outros serviços e produtos da empresa. Logo após o anúncio, alguns usuários se voltaram para sites de petições online como é o caso do Change.org para iniciar uma campanha pela volta do produto.

Um usuário de Nova York, Estados Unidos, criou a petição 'Google: Keep Google Reader Running' (algo como Google: Mantenha o Google Reader funcionando, em tradução livre), que em poucas horas já conta com mais de 34 mil assinaturas. Lewis alega que o declínio no uso do serviço - fator que levou o Google a considerar a aposentadoria do produto - se deve à remoção de funções como compartilhar e comentar.

"Muitos de nós usamos o Google Reader diariamente para gerenciar nossos blogs favoritos, tweets, nos manter atualizados sobre pesquisas específicas, e para muitos outros usos", afirmou Tim Wilson, criador de outra petição pela volta do serviço. "A sua simplicidade é a sua força".

Junto com o Google Reader, a empresa anunciou a aposentadoria de muitos outros produtos dentro do seu programa de limpeza, que acontece desde 2011 e elimina os serviços que não estão caminhando como o desejado. Por enquanto, o Google não se pronunciou sobre as petições online para que reconsidere sua decisão.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!