Pesquisadores australianos realizam implante do primeiro olho biônico

Por Redação | 02.09.2012 às 16:44

Voltar a enxergar com o implante de olhos biônicos já é uma realidade. Pesquisadores do Bionics Institute, na Austrália, realizaram o primeiro implante do mundo com um protótipo de um olho mecânico e garantiram que Diane Ashworth, de 54 anos, volte a enxergar algumas formas.

Os pesquisadores estão trabalhando há anos para desenvolver o olho biônico, onde 24 eletrodos são inseridos na retina do paciente com algum tipo de deficiência visual. Os eletrodos, por sua vez, são conectados a um dispositivo acoplado à orelha do paciente, e este dispositivo de processamento se comunica diretamente com o laboratório de pesquisas.

Esses eletrodos enviam impulsos elétricos para as células nervosas do olho do paciente, função esta que é comum nas pessoas que não possuem nenhum tipo de deficiência. Os pesquisadores também utilizam os dados captados pelo dispositivo de processamento para identificar e analisar as atividades cerebrais de Diane.

"De repente eu podia ver um flash...foi incrível", afirmou a paciente ao The Age. "Cada vez que ocorria um estímulo, uma nova forma aparecia diante do meu olho".

Segundo o DVice, nesse primeiro momento, Diane Ashworth é capaz apenas de reconhecer luzes, vultos e formas, mas os pesquisadores continuarão estudando diversas formas de estímulos para fazer com que Diane e outros pacientes tenham uma visão melhor com o olho biônico.

"Estamos trabalhando com Diane para determinar exatamente o que ela vê cada vez que a retina é estimulada através de um laboratório construído especialmente para isso", afirmou Rob Sherperd, diretor do Instituto. "A equipe está à procura de consistência de formas, brilho, tamanho e localização das ondas para determinar a forma como o cérebro interpreta essa informação".

Com esses dados, a equipe acredita que irá melhorar os recursos de sua tecnologia ao longo dos próximos dois anos.