Para manter a linha Nexus, Google pode ter cancelado o programa Android Silver

Por Redação | 17.09.2014 às 16:00
photo_camera Divulgação

Em meio a tantas novidades anunciadas pelo Google nos últimos meses, você certamente deve ter acompanhado alguma notícia sobre o programa Android Silver. Trata-se de uma iniciativa da gigante das buscas para lançar aparelhos topo de linha (Galaxy S5, HTC One M8, LG G3) com a experiência do chamado Android puro, quando o sistema vem "limpo", sem ferramentas pré-instaladas das fabricantes e possui atualizações garantidas para a última versão.

Apesar da empresa não haver dados mais precisos sobre o desenvolvimento do programa, a expectativa era de que ele iria substituir a linha Nexus, que hoje desempenha esse papel. Mas um novo rumor indica que a companhia mudou seus planos e, no final das contas, não vai aposentar os aparelhos da família Nexus tão cedo assim. Segundo o site The Information, o Google arquivou o projeto Android Silver e não há previsão de quando ele será lançado oficialmente.

Além disso, não se sabe nem se o programa chegará de fato aos consumidores futuramente, pois alguns funcionários duvidam que o projeto saia do papel. Isso porque Nikesh Arora, ex-vice-presidente sênior do Google e responsável pelo Android Silver, saiu da empresa em julho para trabalhar na SoftBank. Desde então, a iniciativa não tem mais chamado tanta atenção dentro da companhia uma vez que o próprio Google não estava totalmente de acordo com a proposta do projeto.

Outro motivo para colocar o Android Silver na gaveta teria sido a recepção negativa das operadoras americanas de telefonia móvel e fabricantes de smartphones, que não concordavam com o objetivo do programa. Para essas instituições, o Android puro oferece benefícios apenas aos usuários e não à indústria como um todo, uma vez que os dispositivos de cada empresa oferecem interfaces distintas que atendem às necessidades de vários tipos de consumidor. Com base no Android Silver, o Google teria controle total do software empregado nesses gadgets, o que poderia afetar o desenvolvimento de ferramentas próprias vindas das fabricantes.

Uma fonte familiarizada com o assunto ainda disse ao The Information que o Android Silver não está morto, mas que o Google irá priorizar outros projetos - entre eles, aumentar o foco na linha Nexus. Prova disso é a boa relação que a companhia tem com a Motorola, que ficou sob o comando do Google por cerca de dois anos, e que deve ser a responsável pela fabricação do próximo celular Nexus (codinome Shamu). Aliás, saiu nesta semana um rumor de que o Nexus 5 deixou de ser produzido por causa de seu sucessor, possivelmente o Nexus 6 ou Nexus X.

Há também um detalhe importante: o Android One, um conceito inverso do Android Silver, que visa oferecer smartphones com a experiência Nexus a preços mais acessíveis, especialmente em países emergentes, entrou em operação na Índia. Lá, o primeiro aparelho do novo programa, o Spice Android One Dream, é vendido por 6,4 mil rúpias, o equivalente a R$ 245.