Operários encontram ruínas do século XV em construção da Apple Store em Madrid

Por Redação | 11.07.2013 às 17:55
photo_camera El País

A equipe que está trabalhando na construção de uma nova Apple Store em um edifício de seis mil m² no centro de Madrid, Espanha, descobriu um verdadeiro tesouro no porão do local. Em meio ao prédio que vai abrigar uma série de gadgets do século XXI estão as ruínas de um hospital construído no século XV.

O jornal El País explica que os construtores encontraram um paredão do antigo hospital Buen Suceso ao lado da igreja que leva o mesmo nome. Ambos os edifícios foram demolidos em 1854 para dar espaço a novas construções. As ruínas da igreja foram descobertas em junho de 2009, durante a construção de uma estação de metrô na região, e foram posteriormente preservadas no mezanino da estação, protegidas por divisórias de vidro.

Porém, o hospital recém-descoberto não ficará visível para o público da loja da Maçã, isso porque o piso da Apple Store vai encobrir as bases originais da construção histórica. O diretor do departamento de patrimônio de Madrid, Jaime Ignacio Muñoz, disse ao jornal espanhol que a Apple foi instruída a mudar o piso original desenhado para a construção, de modo a traçar "simbolicamente" o contorno das antigas paredes do hospital.

Muñoz também recomendou que a empresa colocasse um painel de informações na nova loja para explicar que o caminho das ruínas foi desenhado no chão. Dessa forma, as pessoas que passarem por lá vão saber que o hospital construído há seis séculos continua ali – mesmo sem poder ser visto.

Os gerentes de projeto da Apple consideraram a colocação de painéis de vidro no chão para permitir a visualização das ruínas, mas a ideia logo foi descartada devido a uma falta de interesse do ponto de vista visual. "São apenas fundações. A informação que sugere sobre a formação das paredes é mais importante", explica Muñoz. A nova loja da Apple em Madrid ainda não tem data oficial de abertura, mas deve ficar pronta até o final do ano.