Operação apreende mais de 15 milhões de dólares em produtos piratas

Por Redação | 03.07.2014 às 14:53
photo_camera Agência Brasil

As Polícias Federal e Civil, em parceria com a HP, trabalharam para localizar um grande ponto de pirataria no Estado do Paraná. Na última semana o programa de combate à pirataria e falsificação, o AMS ACF (Americas Anti Counterfit), conseguiu identificar um centro de pirataria de cartuchos de tinta e toner na região de Maringá, norte do estado paranaense. Na ação foram aprendidos cerca de 3,5 mil itens, incluindo componentes e produtos finais falsificados, impressoras comerciais, material de transporte, equipamentos para produção de embalagens e caixas finalizadas.

No local, que tinha capacidade para gerar cerca de 700 caixas de toner por dia, foram recuperados o equivalente a mais de US$ 15 milhões em suprimentos de impressão falsificados, sem incluir o equipamento comercial utilizado para a quadrilha operar. Segundo as autoridades, os criminosos trabalhavam no local há vários anos. De acordo com as investigações, foram descobertos outros pontos que a mesma organização atua. Ao todo, 22 pessoas foram detidas na operação.

Em 21 países na América Latina, a HP e seus mais de 200 investigadores contratados conseguiram identificar os principais polos de produtos falsificados ligados a suprimentos de impressão. Nos últimos nove meses, o programa gerou mais de 136 investigações, além de 124 execuções judiciais e 31 detenções.