Google cuidará de base aérea da NASA pelos próximos 60 anos

Por Redação | 11 de Novembro de 2014 às 13h44

O Google anunciou nesta terça-feira (11) que, a partir de agora, vai administrar a própria base aérea. A companhia assinou um acordo de cooperação com a NASA para tomar conta do Moffett Federal Airfield, no estado americano da Califórnia, pelos próximos 60 anos.

A base continua sob a propriedade da NASA, mas a gigante das buscas assumirá todas as operações por lá, cuidando de sua manutenção e de tudo mais. Isso vai acontecer por meio de uma de suas subsidiárias, a Planetary Ventures, que já é a responsável pelas atividades da gigante das buscas no local. Hoje, a área serve como central para a frota de aeronaves particulares da companhia.

Com três grandes hangares, que anteriormente serviam para armazenar dirigíveis, a base é utilizada também pela Guarda Nacional e por um grupo de operações do governo responsável por avisos e distribuição de panfletos à população. Agora, torna-se também um espaço de desenvolvimento de tecnologias aeroespaciais, robótica, aviação e outros, projetos que podem ser tocados tanto de forma independente, pela própria NASA, quanto em novas parcerias com o Google. As informações são do Business Insider.

Com tudo isso, a empresa pretende construir no local um novo campus para alocar seus funcionários ligados a esses setores. Além disso, a entidade assume o comando de um campo de golfe que faz parte das instalações e deve servir como grande atrativo para executivos em visitação ou que aguardam o momento de embarcar em viagens corporativas.

Base aérea Google

A utilização por órgãos governamentais também faz parte do acordo. Eventualmente, aeronaves oficiais – como o Força Aérea Um, do presidente Barack Obama – também pousam por lá em viagens à Califórnia. Essa utilização também passa a estar sob a responsabilidade administrativa do Google.

Trata-se de mais um projeto ambicioso da empresa que nas últimas semanas viu sua iniciativa de transformar barcas em espaços para exibição de novidades tecnológicas cair por terra após a dificuldade em se adequar a protocolos de segurança contra incêndio. Agora o Google alça voos maiores - literalmente -, em uma iniciativa que deve fortalecer seus projetos de robótica e o uso de balões e drones para levar internet de baixo custo a áreas remotas do planeta.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.