Nvidia pretende focar em mercado de "superphones"

Por Redação | 13 de Fevereiro de 2014 às 15h15

Durante o anúncio de balanço trimestral, o CEO da Nvidia Jen-Hsun Huang revelou que a empresa não está interessada no mercado "convencional" de smartphones e que se concentrará nos desenvolvimento de tablets e celulares de ponta ou "superphones".

Huang negou o interesse no mercado de celulares convencionais e mostrou que o interesse da empresa é em aparelhos que possam tirar o máximo de vantagem da capacidade gráfica de seus processadores Tegra, como já fazem alguns consoles e aparelhos automobilísticos – dispositivos visuais que evitam colisões e displays de bancos traseiros.

Os primeiros produtos com o novo processador Tegra 4i serão anunciados ainda no primeiro trimestre. Recentemente, a Nvidia revelou que tinha planos de celulares e dispositivos que envolviam um processador de 64bit com 192 graphic cores chamado Tegra K1, que promete a mesma qualidade de consoles para celulares. Os produtos com esse processador serão revelados no segundo semestre.

A empresa americana entrou para o mercado de smartphones acessíveis com a inclusão de seus chips Tegra 3 em aparelhos das marcas HTC, Motorola, Lenovo e outras, mas ficou para trás das asiáticas Rockchip e MediaTek na disputa por mercados de smartphones mais baratos depois do lançamento do sucessor Tegra 4, justamente por desenvolver chips mais avançados do que esse mercado exige.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.