Nova sede da Apple deverá custar US$ 5 bi - quase US$2 bi a mais que o esperado

Por Redação | 04 de Abril de 2013 às 16h25
photo_camera Apple Addicted

Os planos de construção de uma nova sede da Apple na cidade de Cupertino, Estados Unidos, podem sair mais caro do que o esperado. O projeto, que prevê a criação de um prédio em formato de nave especial, foi idealizado por Steve Jobs antes de sua morte e seu orçamento inicial era de US$ 3 bilhões (R$ 6 bilhões), mas a estimativa de custos foi reavaliada nesta quinta-feira (4) e subiu para US$ 5 bilhões (R$ 10 bilhões). As informações são do Business Week.

Os analistas afirmam que a maior parte dos custos está relacionada com a qualidade do material que deverá ser empregado na construção do novo prédio. E assim como os outros produtos da Apple, Jobs não desejava que a estrutura do edifício tivesse emendas, ou seja, as paredes, piso e teto serão feitos com um material polido que irá proporcionar sensação de suavidade.

Mesmo com o valor bilionário não representando nenhum grande rombo no orçamento da companhia, que tem mais de US$ 100 bilhões (R$ 200 bilhões) em caixa, os analistas não estão muito satisfeitos com o aumento do custo da construção do novo campus, principalmente, porque Wall Street prevê a primeira redução do lucro da Apple em 10 anos e o valor de suas ações ficando abaixo dos US$ 500 (R$ 1.000).

Além disso, acredita-se que a empresa deverá adiar a finalização do projeto para 2016, antes prevista para 2015, para ter mais tempo de conseguir arrecadar US$ 1 bilhão (R$ 2 bilhões) para a conclusão do edifício moderno imaginado por Jobs.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.