Nova patente da Apple quer transformar qualquer um em caixa eletrônico

Por Redação | 05 de Fevereiro de 2013 às 14h15

Uma nova patente registrada pela Apple no Escritório de Patentes e Marcas dos Estados Unidos na semana passada permite que você transforme qualquer pessoa ao seu redor, mesmo desconhecidos, em um caixa-eletrônico. Se colocada em prática, a tecnologia pode ser uma solução para apertos quando não temos nada na carteira e o caixa eletrônico mais próximo está longe demais para pagar uma conta ou compra em dinheiro.

Chamada de “Ad-hoc Cash-Dispensing Network” (Rede de Coleta de Dinheiro “Para isto”), a ideia é de uma espécie de crowdfunding instantâneo, onde você abrirá um aplicativo, dirá a quantidade de dinheiro que precisa e para que precisa, e, através de sua geolocalização, descobrir pessoas dispostas a emprestar o dinheiro na hora. A patente também inclui um mapa que indicará usuários ao seu redor com uma estrela, para aqueles que aceitaram o seu pedido, um ponto de interrogação, para aqueles que não deram uma resposta, ou com um X, para aqueles que recusaram.

O ad-hoc também incluiria um sistema de pontuação para os “banqueiros”, para indicar o quando seus “clientes” ficaram satisfeitos. Desta forma, você pode filtrar suas buscas para encontrar apenas pessoas mais dispostas a ajudar.

Quando você encontrar a pessoa disposta a emprestar o dinheiro, vocês poderão confirmar a transação via iPhone e o valor será descontado da sua conta do iTunes. Em seguida, o valor será creditado à conta do bom samaritano, assim como uma pequena “taxa de serviço” extra.

Claro, a Apple não ficará de fora na transação: em uma simulação descrita na patente, após um empréstimo de US$ 50 (cerca de R$ 99,80), a Apple embolsará US$ 5 (R$ 9,98) de taxa de serviço, ou 10% do valor, e a pessoa que emprestou o dinheiro, US$ 3 (R$ 5,99). Vale a pena pagar o preço na hora do desespero?

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.