Nokia vende sede na Finlândia como parte da estratégia de cortes de gastos

Por Redação | 05 de Dezembro de 2012 às 11h58
photo_camera Nokia Atividade

A situação financeira da Nokia não é das melhores e a empresa anunciou nesta terça-feira (4) que irá vender seu edifício-sede em Espoo, na Finlândia, por US$ 220 milhões (R$ 466 milhões), com parte de sua estratégia de corte de gastos.

O CFO Timo Ihamuotila afirmou ao CTV News que o acordo de compra, que deverá ser concluído ainda em dezembro, está alinhado com os objetivos da empresa de lançar mão de atividades não-essenciais. No entanto, o prédio, que será adquirido pela companhia imobiliária Exilion, deverá ser alugado pela própria Nokia após a venda, onde a empresa continuará suas operações "a longo prazo".

A empresa finlandesa mantinha o prédio de vidro e aço às margens do mar Báltico como sua sede operacional desde 1997.

As dificuldades enfrentadas pela Nokia para se inserir no competitivo mercado de dispositivos móveis, atualmente liderado pela Samsung e Apple, fez com que a empresa revisse alguns de seus negócios e propriedades. E além do prédio-sede, a companhia afirmou que pretende se desfazer de outros ativos.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.