Nokia suspende vendas do Lumia 2520 após carregador apresentar problemas

Por Redação | 17.04.2014 às 12:00

Quem desejar ter um tablet Lumia 2520 da Nokia terá que esperar mais um pouco para poder comprá-lo. É que a empresa anunciou a suspensão das vendas do aparelho em todo o mundo após identificar problemas no carregador que poderiam levar a curtos-circuitos e choques elétricos nos usuários. Por enquanto, a falha teria sido identificada apenas neste modelo.

Com isso, a empresa se apressou e já retirou os tablets de lojas de países como Alemanha, Rússia, Dinamarca, Finlândia e Reino Unido. Além disso, a Nokia instruiu seus usuários a não recarregarem a bateria do equipamento até segunda ordem, já que ela está realizando testes para definir com exatidão qual a causa do problema e como resolvê-lo. O processo pode demorar um pouco pois o acessório é fabricado por uma empresa terceirizada.

Nos Estados Unidos, porém, as vendas não foram suspensas já que o modelo acompanha um tipo diferente de acessório. No país, o componente que causa o problema é vendido separadamente, como um “carregador de viagem”, e já foi retirado de circulação. Ele fornece um fluxo mais alto de energia, preenchendo a bateria mais rapidamente. É esse o dispositivo que acompanha o Lumia 2520 na Europa e em vários outros países.

A Nokia veio a público e explicou o problema mais a fundo. Segundo a fabricante finlandesa, a cobertura plástica de um dos plugues pode se soltar durante o uso e expor os componentes internos. E é justamente aí que está o risco de choque, caso o usuário venha a encostar no metal enquanto o carregador está ligado à tomada. Em um FAQ, a empresa admitiu que o problema torna o acessório, e também o tablet, “virtualmente inútil”.

Por outro lado, ela garante que atitudes já estão sendo tomadas para resolver o problema. A solução mais óbvia, claro, é um recall para fornecer novos carregadores aos usuários do Lumia 2520. A empresa também pediu desculpas a seus clientes e explicou que, até o momento, nenhum acidente foi registrado em decorrência da falha nos carregadores.