Nokia revela displays flexíveis OLED que podem ser dobrados

Por Redação | 10 de Junho de 2014 às 12h17
photo_camera Divulgação

Nos últimos anos, vimos o crescimento na produção de novas tecnologias voltadas especificamente para telas flexíveis. Elas já podem ser encontradas em alguns gadgets atuais – os mais famosos são os smartphones LG G Flex e Samsung Galaxy Round. O problema é que esses visores apresentam apenas uma leve curvatura, não sendo maleváveis ao ponto de serem dobrados sem causar danos ao aparelho.

No entanto, avanços na área não param de surgir e alguns deles foram apresentados na última semana durante o Society for Information Display 2014 (SID), evento em San Diego, na Califórnia, que apresenta as últimas novidades dos displays que vão equipar nossos dispositivos nas próximas décadas. E enquanto Samsung e LG focaram em implementações para seus celulares com visor curvo, a Nokia resolveu apresentar um de seus projetos para futuros aparelhos que podem receber telas flexíveis.

De acordo com o site PhoneArena, o produto é desenvolvido em parceria com a Semiconductor Energy Laboratory, a SEL. São duas telas OLED de 5,9 polegadas com resolução HD (720 x 1.280 pixels) que, entre suas principais características, podem ser dobradas sem nenhuma dificuldade. Segundo a Nokia, a produção do material consiste no descascamento do substrato de vidro que, após um determinado processo de inclusão de camadas de outros materiais, é substituído por substratos flexíveis.

Poucas imagens das telas foram reveladas. Um dos displays pode ser dobrado em duas partes e tem como aplicação principal livros e apostilas que têm essa dobradura ao meio. Já o outro modelo pode resistir até três dobraduras, como você vê no vídeo abaixo:

Na SID, a Nokia lembrou que esses displays ainda estão em fase de protótipos, ou seja, não há previsão de quando aparelhos poderão receber a novidade. Mesmo assim, a indústria continua seus esforços para trazer ao consumidor final dispositivos mais maleáveis e confortáveis do que os tablets e smartphones lineares da atualidade. Segundo um relatório recente da LG, a expectativa é que, até 2018, 40% dos celulares inteligentes vendidos no mundo sejam equipados com a tecnologia AMOLED, que permite dobrar ou flexionar levemente os dispositivos quando pressionados.

Falando na LG, a companhia é uma das pioneiras na produção de telas flexíveis. Há cerca de um ano a corporação revelou um display de 5 polegadas flexível e inquebrável de OLED. O produto é capaz de dobrar e não se quebrar graças à aplicação de plástico no visor.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.