Nokia publica péssimos resultados financeiros

Por André Fogaça | 20 de Abril de 2012 às 11h00

Como já estávamos esperando, a Nokia não conseguiu apresentar nenhum resultado positivo para seu primeiro trimestre de 2012. O número é assustador, um prejuízo de € 1,3 bilhão, algo próximo de R$ 3,2 bilhões no negativo.

Stephen Elop e Steve Ballmer

Este gigantesco rombo nas finanças da marca foi registrado em apenas três meses e a empresa deve apresentar algo ainda pior para o próximo período analisado.

Lá fora, segundo Stephen Loop, CEO da marca, o mercado aceitou bastante os aparelhos Lumia, basicamente por que eles são comercializados quase que de graça em planos pós-pagos. Por aqui o valor é o já tradicional - e abusivo - preço de smartphones, mesmo que com uma agressiva campanha publicitária que povoa estações de metrô, lojas de operadoras, varejistas e até pontos de ônibus.

No total foram comercializados 11,9 milhões de unidades, um valor bem abaixo do mesmo período do ano passado, quando nem tínhamos a linha Lumia em vários países. Vale lembrar que o Symbian vem saindo da intenção de compra de smartphones e sendo substituído por Androids e o Windows Phone da marca. Este último exemplo conseguiu convencer 2 milhões de usuários novos no mundo inteiro.

Muitas pessoas já comentam que adotar o Windows Phone como plataforma para seus smartphones pode ter acabado como um tiro no pé, levando a marca novos e maiores problemas financeiros. O problema é que a plataforma é nova e a Nokia precisava - e ainda precisa - de uma solução mais rápida para ver o dinheiro entrar.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.