No Brasil, novo Mac Pro pode custar mais de R$ 50 mil

Por Felipe Demartini | 19 de Dezembro de 2013 às 15h58

Revelado durante a WWDC 2013, o novo Mac Pro chegou hoje às prateleiras dos Estados Unidos e, no Brasil, já está disponível para pré-venda. Os computadores, com entrega prevista para fevereiro de 2014, chamaram a atenção por seu design circular e, no caso do nosso país, também pelo preço, que em alguns casos pode ultrapassar a marca dos R$ 50 mil. O valor foi apontado pelo site TechTudo.

Os valores iniciais são de R$ 12.999, para a configuração com processador quad core de 3,7 GHz e duas GPUs AMD FirePro D300, e R$ 17.499 para a opção com CPU de seis núcleos e 3,5 GHz. Mudam também as opções de memória RAM – 12 GB para a primeira e 16 GB para a segunda –, mas o armazenamento em disco continua o mesmo, com 256 GB SSD para todos os modelos.

O “milagre da multiplicação”, se é que podemos chamar assim, acontece na hora de personalizar o aparelho. Como a Apple oferece uma série de upgrades de fábrica, é possível alterar o processador – selecionando opções com até 12 núcleos –, aumentar a memória RAM para até 64 GB, modificar as placas gráficas ou adicionar até 1 TB de armazenamento em disco.

Além disso, entram na conta possíveis acessórios como monitores Thunderbolt de 27 polegadas, Magic Mouse, teclados sem fio e cabos para transferência rápida de arquivos. Ainda, é possível anexar à compra uma Time Capsule, que faz o backup dos arquivos sem precisar de fios, ou uma garantia estendida, além dos softwares da Apple como Final Cut Pro X, Logic Pro X ou Aperture, dependendo do gosto do cliente.

Mac Pro no Brasil

O consumidor que estiver a fim de levar apenas o que a Apple tem de melhor a oferecer pode se preparar. Na mais potente configuração possível, com todos os upgrades máximos, acessórios, garantia estendida e uma Time Capsule de 3 TB, o valor do Mac Pro chega a R$ 50.753, sem contar possíveis aplicativos. Com a adição deles, a conta chega a R$ 51.432.

Comparação

Tendo em vistas valores exorbitantes como esses, é impossível não pensar em verificar os preços nos Estados Unidos, sede da Apple e um dos principais mercados da empresa. Por lá, as configurações padronizadas do Mac Pro saem a partir de US$ 2.999, cerca de R$ 7 mil, e US$ 3.999, ou R$ 9500, aproximadamente.

Mac Pro nos EUA

Com todas as configurações máximas, exatamente a mesma realizada na versão brasileira da loja da Apple, o valor total é de US$ 11.423, equivalente a cerca de R$ 26.900. Nos EUA, existem ainda mais opções de acessórios, como a de um monitor com resolução 4K e um armazenamento Thunderbolt com 32 GB de capacidade. Nesse caso, o preço chega a US$ 18.219, aproximadamente R$ 42.900 e ainda abaixo do que é cobrado no Brasil.

A exorbitância dos preços nacionais fica ainda mais em perspectiva quando se leva em conta o que pode ser comprado com o preço cobrado pelo Mac Pro. Com R$ 50 mil, por exemplo, é possível adquirir um Chevrolet Cobalt zero quilômetro ou abrir um negócio, adquirindo franquias de marcas como Empada Brasil ou PBF, segundo informa reportagem da revista Exame.

Já o valor básico do Mac Pro, R$ 12.999, pode render três PlayStation 4, um console já bastante caro para os padrões nacionais, ou um televisor 4K também da Sony, recém-lançado no Brasil em antecipação à Copa do Mundo de 2014.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.