Pesquisa: e-commece crescerá 35% no Brasil em 2013

Por Redação | 18 de Dezembro de 2012 às 17h25

Bons ventos sopram para o mercado brasileiro de comércio eletrônico, que deve crescer cerca de 35% no próximo ano em comparação com 2012. O e-commerce deve representar 8,3% do faturamento total das redes associadas ao Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV). Esse ano, a participação do e-commerce no faturamento das empresas associadas bateu apenas 6%.

O presidente do Instituto, Fernando de Castro, disse que o investimento na infraestrutura necessária para manter um comércio virtual será bem alto. R$ 20 bilhões devem ser investidos ao longo de 2013 em softwares especializados, pesquisa, marca, novas lojas, logística e distribuição.

Os dados do IDV também dão conta de que, do valor total a ser investido no setor em 2013, R$ 6,1 bilhões devem ficar com novas lojas virtuais. Acredita-se que devem ser inauguradas cerca de 720 delas no próximo ano. "As novas lojas e reformas devem demandar, aproximadamente, 70% desses investimentos", diz Fernando de Castro.

Apesar de a economia brasileira apresentar um crescimento de cerca de apenas 1,5% durante este ano, o setor de e-commerce deve finalizar 2012 com um aumento de 20% em relação ao mesmo período do ano passado.

Se você pretende entrar para esse mercado em expansão, ou então quer melhorar a sua loja virtual, fique de olho nas dicas do Canaltech sobre comércio eletrônico.

Saiba mais: 5 lições de varejo para sites de comércio eletrônico

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.