Para escolher seus filmes e séries, Netflix se baseia em sites ilegais

Por Redação | 16 de Setembro de 2013 às 12h54

O serviço de transmissão de vídeos Netflix se baseia no que é mais popular em sites de downloads ilegais para escolher quais serão os próximos filmes e séries que irá oferecer aos seus assinantes. Kelly Merryman, vice-presidente de aquisição e conteúdo da empresa na Europa, disse que os sites que oferecem downloads ilegais têm um papel chave nas decisões da Netflix.

"Para a aquisição de séries, observamos o que é popular em sites de pirataria", afirmou Merryman ao Tweakers. "Prison Break é excepcionalmente popular em sites de pirataria."

O CEO da Netflix Reed Hastings disse ao Tweakers que a companhia tenta se posicionar como uma alternativa ao uso de serviços ilegais. "Certamente há compartilhamento de arquivos via torrents no mundo, mas em alguns casos isso simplesmente cria demanda", declarou o CEO, que aposta na facilidade de uso da Netflix para atrair mais clientes. "A Netflix é muito mais simples que os torrents. Você não precisa lidar com arquivos, não precisa baixá-los, nem mudá-los de lugar. Você só clica e assiste."

Hastings diz ainda que o tráfego de torrents caiu significativamente no Canadá após o lançamento do serviço.

A Netflix foi lançada no Brasil em agosto de 2011 e desde então oferece filmes e séries, dublados ou legendados, de diversos estúdios por uma mensalidade de R$ 16,90. Com uma conta é possível que até cinco pessoas de uma família, por exemplo, usem o serviço de forma individual e personalizada com o recurso "Perfis".

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.