Netbooks estarão extintos até 2015, afirma consultoria

Por Redação | 12 de Abril de 2013 às 16h30

Ao longo do último ano, muitas fabricantes de computadores pessoais anunciaram o fim da sua produção de netbooks já em 2013, encerrando sua distribuição de novos netbooks no mercado mundial. E segundo um levantamento da empresa de análise IHS iSupply, até 2015 o modelo de computadores pessoais de pequeno porte estará completamente extinto. A notícia saiu no CNET.

Para o ano de 2013, analistas preveem que a venda de netbooks no mundo todo seja reduzida para 3,97 milhões de unidades, ou seja, uma redução de 72% em comparação às 14,13 milhões de unidades comercializadas ao longo do último ano. A iSupply acredita que a venda do modelo deverá ser reduzida para 264 mil unidades em 2014 antes de zerar em 2015.

Os netbooks, que não eram poderosos o suficiente para serem chamados de laptops, sucumbiram à praticidade e aos recursos computacionais dos tablets, principalmente com o lançamento do iPad, da Apple, e viram seu mercado ruir. Muitos especialistas afirmam que o netbook foi simplesmente um aparelho de transição entre a era do PC e a pós-PC.

A IHS iSupply acredita que, até 2015, as principais fabricantes de hardware já terão encerrado as suas linhas de produção de netbooks, com as empresas produzindo pouquíssimas unidades ou enviando ao mercado as últimas unidades devido a determinações contratuais com seus clientes.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.