Nadella promete ajudar autoridades chinesas em investigação contra a Microsoft

Por Redação | 30 de Setembro de 2014 às 09h55
photo_camera Divulgação

O CEO da Microsoft, Satya Nadella, prometeu durante uma reunião com autoridades de Pequim que irá cooperar plenamente com as autoridades chinesas em suas investigações contra o monopólio de sua empresa, segundo informações da agência Reuters. A Microsoft é o centro de uma investigação antitruste que foi iniciada recentemente pela SAIC, órgão responsável pela regulamentação da indústria e comércio na China.

Os reguladores já apreenderam várias evidências em escritórios da Microsoft em toda a China e convocou os principais executivos da empresa para interrogatório. Nadella, que assumiu o comando da empresa de software em fevereiro, se reuniu com o Zhang Mao, chefe da SAIC, na última sexta-feira (26) para uma conversa que foi retratada pela SAIC como um encontro conciliatório.

A companhia norte-americana prometeu que entregará aos investigadores as informações solicitadas em tempo hábil e espera que a investigação do governo seja justa e transparente.

O CEO da Microsoft também disse que práticas regulatórias do governo chinês ajudaram a criar condições favoráveis para o crescimento de empresas chinesas e estrangeiras. A empresa, no entanto, recusou-se a comentar sobre a reunião com o governo, limitando-se a apenas informar sobre o comprometimento da empresa em respeitar as leis do país asiático, se empenhar em responder as perguntas e solucionar as preocupações da entidade reguladora.

Como parte de sua visita à Ásia, Nadella falou aos estudantes da Universidade de Tsinghua, em Pequim, afirmando que a China é uma fonte de capital humano e possui uma vibrante inovação cultural.

Satya Nadella é mais um executivo a sofrer com a lei antimonopólio criada em 2008 pelo governo chinês e que tem perturbado as empresas ocidentais desde então. A Qualcomm é uma das empresas que também está sendo investigada por autoridades daquele país por causa da mesma lei.

Fonte: http://www.reuters.com/article/2014/09/28/us-microsoft-china-idUSKCN0HN0EQ20140928?feedType=RSS&feedName=technologyNews

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.