Motorola deve lançar smartphone de R$ 600 em maio

Por Redação | 16 de Abril de 2014 às 12h49
photo_camera Divulgação

Aproximadamente dois anos atrás, a Motorola parecia fadada ao esquecimento e a uma possível falência devido a poucos lançamentos expressivos no mercado mobile. A empresa bem que tentou com alguns modelos de smartphones e tablets, mas só conseguiu se reerguer quando foi comprada pelo Google, em 2012. A partir daí, a companhia norte-americana trouxe celulares com um custo-benefício que cabe no bolso de boa parte dos usuários que buscam por boas configurações em um aparelho.

No que depender da empresa, esse sucesso vai continuar, mesmo agora estando sob a supervisão da gigante chinesa Lenovo. Os sucessores do Moto X e Moto G já estão a caminho, conforme já divulgamos aqui no Canaltech. No entanto, a Motorola deve ingressar em uma categoria de dispositivos ainda mais em conta e lançar um smartphone de entrada para competir com outros dispositivos Android baratos.

A informação é do Tecnoblog. De acordo com uma fonte ligada a uma operadora de telefonia celular, a companhia vai anunciar em maio um dispositivo para o mercado de smartphones low-end. Segundo uma imagem vazada do futuro gadget, ele virá equipado com características bem interessantes, incluindo uma tela de 4,3 polegadas – bem maior do que as da maioria dos celulares da categoria –, 1 GB de memória RAM, processador dual-core de 1,2 GHz, bateria de 1.900 mAh, Bluetooth e memória interna de 4 GB.

O aparelho ainda vai rodar a versão do Android 4.4 KitKat, contará com TV Digital, conectividade 2G e 3G, câmera traseira de 5 MP e medirá 124,8 x 64,8 x 6,2 mm. Apesar de não deixar especificado, o site especula que, além do modelo Dual-SIM com TV Digital, o dispositivo virá em uma versão compatível apenas com um SIM card. O smartphone com suporte para dois chips custará, segundo a imagem, R$ 599, o que significa que a versão de apenas um chip pode custar ainda mais barato, assim como aconteceu com o RAZR D1.

Moto E

(Foto: Divulgação/Tecnoblog)

Até o momento, três versões do mesmo aparelho já foram homologadas pela Anatel: XT1021 (single SIM), XT1022 (dual SIM) e XT1025 (dual SIM com TV digital). Fotos externas e manual do usuário, itens que geralmente são incluídos no processo de homologação de produtos feito pela agência, foram omitidos a pedido da Motorola. A mesma fonte ainda comentou sobre um possível Moto G compatível com redes 4G, mas não foram divulgados detalhes como data de lançamento ou preço.

De acordo com a Info, o aparelho já foi certificado pela Federal Communications Comission (FCC), órgão norte-americano que atua de forma semelhante à Anatel, o que indica que o celular poderá ser lançado em outros países. A revista afirma que algumas evidências apontam que o novo aparelho da Motorola teria ligações com a Copa do Mundo no Brasil, que começa no mês de junho. Outro dado é que o produto seria vendido inicialmente apenas pela rede de varejo Magazine Luiza e deve se chamar "Moto E".

A Motorola ainda não se pronunciou oficialmente. Em todo o caso, esse possível lançamento no país mostra que a companhia não está para brincadeira quando o assunto é dominar o mercado de smartphones, em todas as categorias – mesmo sem revelar números, o Moto G se tornou o celular mais vendido da história da empresa. Fique ligado no Canaltech para mais informações.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.