Moto X: novo smartphone da Motorola permitirá customização de elementos

Por Redação | 04 de Julho de 2013 às 11h07

O próximo smartphone da Motorola já está despertando curiosidade, principalmente após a divulgação de uma campanha publicitária em jornais norte-americanos esta semana dizendo que ele será altamente customizável. Agora, mais detalhes a respeito do processo de personalização pelo qual os consumidores podem criar seu próprio Moto X foram revelados pela ABC News.

Qual a sua cor predileta?

A nova fábrica de 500 mil metros quadrados localizada no Texas será habilitada para entregar o aparelho personalizado aos compradores alguns dias após sua encomenda. Fontes familiarizadas com o assunto disseram à emissora que, por meio de um site, os compradores poderão escolher a cor de seu smartphone, gravar um nome ou mensagem na tampa traseira – no mesmo estilo de iPads e iPods da Apple – e até mesmo fazer o upload de uma foto pessoal para ser utilizada como papel de parede na tela do telefone.

O Moto X irá executar o sistema operacional do dono da Motorola, o Google, e uma versão do smartphone rodando o Android 4.2.2 está sendo testado atualmente pelas operadoras, incluindo a Verizon. Os consumidores poderão comprar suas versões personalizadas do dispositivo pela internet, mas as versões padrão também estarão disponíveis nas lojas físicas das operadoras. Como a parte interna do aparelho não poderá ser personalizada, incluindo processador e memória, ele estará disponível no mercado com várias opções de armazenamento.

Um smartphone "sensível"

Quem realmente promete roubar a cena no novo Moto X são os sensores que estão sendo desenvolvidos pela Microsoft. Eles prometem manter o dispositivo sempre alerta e "acordado" o tempo todo para saber tudo o que acontece ao seu redor. Além de detectar a velocidade para saber quando o dono está dirigindo, ele também será capaz de saber quando o aparelho está no bolso do usuário.

Alguns sensores também serão capazes de prever as ações do usuário. Por exemplo, o sistema deverá acionar o aplicativo de câmera quando perceber que o usuário deseja tirar uma foto. Para isso o aparelho deve utilizar ainda acelerômetro e giroscópio para detectar o tipo de movimento relacionado à posição de utilização da câmera.

Perto de casa

Mas não da nossa. A Motorola tem dado grande destaque ao fato de o Moto X ser montado nos Estados Unidos. É uma boa estratégia de marketing para ganhar o coração patriota dos norte-americanos, mas também pode ter um propósito funcional.

A montagem do aparelho no solo dos Estados Unidos permitirá que os telefones personalizados cheguem mais rápido aos clientes do país que o encomendaram. Ainda não foram revelados detalhes sobre a disponibilidade internacional da personalização do Moto X, mas podemos adiantar que isso está soando como algo limitado ao território norte-americano, pelo menos inicialmente.

Enquanto a Motorola não divulga mais detalhes a respeito de seu novo smartphone, o mercado aposta suas fichas que o Moto X deve ser lançado em meados de outubro.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.