Ministério da Saúde cria perfil fake no Tinder e irrita executivos do app

Por Redação | 12.02.2015 às 14:18 - atualizado em 12.02.2015 às 14:36

O carvanal está chegando e mais uma vez o Ministério da Saúde dá início às campanhas pelo sexo seguro. Neste ano, uma das iniciativas lançadas pelo governo decidiu usar perfis fakes no Tinder e o Hornet, dois aplicativos de encontros em que os usuários aprovam ou desaprovam os perfis disponíveis.

Nos dois aplicativos, a coisa funcionava da mesma maneira: quando o usuário era combinado com o perfil falso, ele recebia a mensagem "E aí, curte sexo sem camisinha?". Ao responder, logo vinha a continuação "Olha, é difícil saber quem tem HIV. Se divirta, mas se proteja. Essa é uma ação do Ministérios da Saúde".

Apesar da boa intenção da ação, o Tinder se irritou com a criação de perfis fakes, que são proibidos no aplicativo. Rosette Pambakian, executiva da empresa, chegou a postar em seu Twitter uma mensagem dizendo que a companhia vai "apagar os perfis, já que eles violam os termos de serviço do programa". "Vocês não estão autorizados a fazer propaganda no Tinder", completou.

Em contrapartida, o Ministério da Saúde disse à Folha que a campanha não infringe as regras do Tinder, já que os termos de uso são para fins comerciais, e não de utilidade pública. Além disso, os cinco personagens no aplicativo já foram apagados. Mesmo assim, antes a ação encontrasse problemas com os desenvolvedores do app, ela já havia atingido 2.000 jovens.

Por outro lado, a equipe do aplicativo Hornet, que funciona de maneira semelhante ao Tinder, mas voltado para o público gay, recebeu bem a iniciativa. A empresa afirmou ao The Verge que gostaria de trabalhar em parceria com o Brasil para melhorar a campanha de conscientização.

Mesmo com a "bronca" recebida pelo Ministério da Saúde, o uso da camisinha durante o carnaval tem grande importância. Nos últimos dez anos, o HIV aumentou 32% entre jovens de 15 e 24 anos e 39 mil casos são descobertos por ano.

Fonte: http://www.theverge.com/2015/2/11/8017933/fake-tinder-profiles-aids-awareness-campaign-brazil