Microsoft vai reajustar preço de softwares corporativos no Brasil

Por Redação | 27.08.2013 às 15:00

O início do mês de setembro será marcado pelo reajuste de preços de alguns softwares corporativos da Microsoft no Brasil. Os aumentos, que começam a vigorar no próximo domingo (1), podem chegar a 15% em algumas linhas de produtos.

A notícia foi divulgada pelo site Baguete, que alega ter recebido um e-mail de um "parceiro multinacional" avisando a respeito dos reajustes. Por meio de comunicado, a Microsoft confirmou o reajuste e explicou que os "realinhamentos" de preços são para "equilibrar os custos incorridos nos últimos anos, bem como garantir os investimentos futuros no negócio".

Segundo informações divulgadas a clientes por uma revenda da Microsoft, e reportados pelo portal G1, o aumento deve incluir versões em "caixa" (Full Packaged Product) de produtos como o Office Professional, Windows Server, SQL Server e licenças do tipo GGS (para legalização de sistemas já instalados sem licença adequada).

O valor dos produtos citados parece estar estável há cerca seis anos, e, atualmente, uma licença do pacote Office Professional custa R$ 900, enquanto cada licença do Windows Server Standard e do SQL Server custa cerca de R$ 2.500.

A alta do dólar também pode ser um bom motivo para o aumento nos preços, já que a moeda norte-americana acumula uma valorização superior a 10% no ano em relação à moeda brasileira. Nas últimas semanas, o dólar chegou a atingir a marca de R$ 2,45, a maior desde 2009.